A Renault está a preparar o reforço da sua gama de viaturas elétricas que, no que concerne a ligeiros de passageiros, já é constituída pelo Twingo E-Tech Electric (segmento A) e pelo Zoe (segmento B).

Neste verão, o fabricante vai colocar nas estradas europeias uma frota de veículos de pré-produção zero emissões. Tudo exemplares da versão 100% elétrica do Mégane que ainda não foi introduzida no mercado e que se encontra na sua reta final de desenvolvimento.

O Mégane 100% elétrico também é denominado de MéganE, pronunciando-se “Mégane e”

O novo Mégane E-Tech Electric, modelo de segmento C que foi projetado pelo showcar Mégane eVision, irá circular quase na sua silhueta final nas próximas semanas, com a marca a informar de que serão 30 o número de automóveis de pré produção que andarão por aí, conduzidos por engenheiros da Renault.

Segmento C da Renault com 450 km de autonomia

Baseado na plataforma CMF-EV, o novo Mégane E-Tech Electric está equipado com um e-motor de 160 kW (217 cv) e uma bateria de 60 kWh, que lhe conferem uma autonomia até 450 km em ciclo WLTP.

Produzidos na fábrica de Douai, todos estes automóveis estarão cobertos com um padrão camuflado feito à medida pela Renault Design, que consiste num jogo de linhas e padrões inspirado no novo logotipo da Renault.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of