O Grupo Renault e a Plug Power, especialistas em soluções a hidrogénio e pilha de combustível, lançaram a HYVIA, de acordo com o que foi anunciado em janeiro.

Da esquerda para a direita: Luca de Meo, CEO do Grupo Renault, e Andrew Marsh, CEO da Plug Power.

A HYVIA oferecerá um ecossistema completo de soluções chave na mão: veículos comerciais ligeiros equipados com células de combustível, estações de recarga, fornecimento de hidrogénio livre de carbono, manutenção e gestão de frota.

A parceria é detida, em partes iguais, pelas duas empresas e tem como CEO David Holderbach, com mais de 20 anos de experiência no Grupo Renault, nas áreas de estratégia, produto e vendas internacionais.

A designação HYVIA advém da contração de “HY” para hidrogénio e da palavra latina para estrada “VIA”, incorporando a ambição de trilhar novos caminhos para uma mobilidade com baixas emissões de carbono.

Autonomias até 500 km

Veículos Comerciais Ligeiros requerem grandes autonomias e tempos de reabastecimento reduzidos, requisitos operacionais em que as pilhas de combustível a hidrogénio são uma solução energética sem paralelo, destaca a Renault.

A tecnologia de hidrogénio da HYVIA complementa a tecnologia E-TECH da Renault, aumentando a autonomia dos automóveis até aos 500 km, com um tempo de recarga de apenas três minutos.

Segundo a Renault, estas vantagens são particularmente adaptadas à utilização dos automóveis comerciais, ao mesmo tempo que respondem aos desafios legislativos, que visam a descarbonização dos centros urbanos.

Os três primeiros automóveis equipados com pilha de combustível (fuel cell) lançados sob a égide da HYVIA serão baseados na plataforma do Renault Master e deverão estar disponíveis, na Europa, no final de 2022, sendo acompanhados pelo lançamento de estações de abastecimento e pelo fornecimento de hidrogénio verde:
Transporte de bens: versão Van e Chassis Cabine para grandes volumes
Transporte de passageiros: versão “mini-autocarro” urbano

A joint-venture será estabelecida em quatro locais na França.

As atividades da HYVIA serão postas em prática em instalações da Renault em França:
1. A sede da parceria, assim como as equipas de pesquisa e desenvolvimento, ficarão localizadas em Villiers-Saint-Frédéric, juntamente com os centros de desenvolvimento e engenharia dos veículos comerciais ligeiros do Grupo Renault, de forma a maximizar as sinergias entre as equipas.
2. As equipas de processos, produção e logística ficarão baseadas em Flins, como parte do projeto de reconversão da fábrica e do plano que prevê o início da produção de pilhas de combustível e estações de carregamento, no final de 2021.
3. Os primeiros automóveis, baseados no Renault Master, serão montados na fábrica de Batilly.
4. A integração dos sistemas de pilhas de combustível será realizada pela PVI, uma subsidiária do Grupo Renault desde 2017, que está localizada em Gretz-Armainvilliers.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of