A Volvo Cars deu um passo importante na sua intenção de tornar a sua rede mundial de fábricas ambientalmente neutra até 2025.

A mais importante fábrica da Volvo, em termos históricos e de produção para a marca, Torslanda, na Suécia, passou a ser a segunda fábrica da rede global de produção da Volvo a atingir um impacto neutro, isto depois da fábrica de motores em Skövde, também, na Suécia ter alcançado esse estatuto em 2018.

Fábrica totalmente neutra para o clima: o que é

A Volvo considera uma fábrica totalmente neutra para o clima, quando esta não regista nenhum aumento líquido na emissão de gases que produzem efeito estufa como resultado da utilização de eletricidade e do sistema de aquecimento que utiliza.

A histórica fábrica de Torslanda tem vindo a ser alimentada por fontes de eletricidade neutra desde 2008, e agora tem também um sistema de aquecimento neutro, uma vez que metade da sua origem provém de biogás, enquanto a outra metade tem a sua fonte de energia no sistema de aquecimento municipal obtido através de calor industrial desperdiçado.

Volvo Cars Torslanda

“Este é um marco muito importante para a Volvo Cars ao estabelecermos Torslanda como a nossa primeira fábrica de automóveis com impacto ambiental neutro. Pretendemos ter a nossa rede produtiva mundial totalmente neutra em 2025 e hoje damos um sinal de que estamos determinados em consegui-lo e que estamos a trabalhar para reduzir o nosso impacto no meio ambiente”, refere Javier Varela, responsável principal por qualidade e operações industriais da Volvo Cars.

Poupanças de energia

Para além de se tornar neutra em termos ambientais, esta fábrica procura também reduzir a quantidade de energia que utiliza. As melhorias introduzidas em 2020 resultaram numa poupança anual de energia de quase 7.000 megawatt-hora (MWh), um montante igual à utilização energética anual de mais de 450 habitações familiares.

Nos próximos anos a fábrica pretende aumentar ainda mais a sua eficiência. Entre outros aspetos, Torslanda irá rever os sistemas de iluminação e de aquecimento, o que deverá resultar numa poupança adicional anual de energia de cerca de 20.000 MWh até 2023.

Estas poupanças de energia são parte de uma ambição ainda maior da empresa, que pretende reduzir o uso de energia por viatura produzida em 30% em 2025.

Para que a Volvo Cars consiga alcançar esta neutralidade nas suas operações produtivas, o apoio total de parceiros locais e empresariais é necessário, para ter acesso a fontes de eletricidade e de aquecimento também neutros. Contudo, para além disso, a empresa irá gerar as suas próprias fontes de eletricidade renovável no próprio local.

Volvo Cars Torslanda

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of