A próxima jornada do Campeonato do Mundo de Fórmula E corre-se em Roma, Itália, com a equipa, DS Techeetah, do português António Félix da Costa a estrear o seu novo monolugar.

Assim, depois de obter um 11º lugar e um 3º lugar na Arábia Saudita, no arranque da nova temporada, no final de fevereiro, Félix da Costa volta à competição, em Itália.

“Duas corridas e duas oportunidades de marcar bons pontos”

Apesar de pilotar pela primeira vez o seu novo carro no circuito italiano, o campeão mostra-se otimista em obter um bom resultado, em declarações exclusivas ao Eurosport: “Vamos estrear o novo carro este fim de semana aqui em Roma. Estamos muito confiantes que dêmos um passo de performance, não só em termos de velocidade, mas sobretudo em termos de gestão e eficiência de energia. São duas corridas aqui em Roma e duas oportunidades de marcar bons pontos para nos mantermos nos lugares da frente do campeonato. Sempre com os olhos nos lugares do pódio, mas ciente de que estando no grupo 1 da qualificação, a tarefa na corrida de sábado será mais complicada, ainda assim estou bem otimista para o fim de semana. Vamos com tudo!”.

O DS E-Tense FE21 é o monolugar que substitui o DS E-Tense FE20, campeão de 2020.

Fruto da exploração das mais recentes tecnologias de motorização elétrica e da renovação de quase todas as peças, o novo propulsor desenvolvido pela DS Performance – a divisão de competição da DS Automobiles – para a equipa DS Techeetah apresenta um motor, uma caixa de velocidades e um inversor com evoluções muito significativas.

Este novo grupo motopropulsor está homologado para um período de dois anos, pelo que será usado, de acordo com o regulamento, até ao final da próxima temporada.

Caraterísticas técnicas do DS E-TENSE FE21

Tipo: Monolugar
Comprimento x largura x altura: 5,16 m x 1,77 m x 1,05 m
Distância entre eixos: 3,10 m
Peso: 903 kg, mínimo, com piloto a bordo
Bateria: capacidade de 52 kWh, peso de 385 kg
Motor: elétrico com tração às rodas traseiras
Potência máxima: 250 kW (338 cv)
Recuperação de energia: 250 kW
Alimentação: 900 V
Travagem: discos ventilados em carbono, 4 pistões, controlo eletrónico dos travões traseiros
Velocidade máxima: 230 km/h (otimizada para circuitos urbanos)
Aceleração 0 a 100 km/h: 2,8 segundos
Pneus: Michelin Pilot Sport EV Season 7; 245x40R18 (à frente), 305x40R18 (atrás)

Como assistir?

As duas corridas do programa de E-Prix de Roma iniciam-se às 14h00 (sábado) e às 12h00 (domingo), horas em Portugal Continental, tendo ambas transmissão em direto nos canais desportivos Eurosport 2, Eurosport Player e Eleven 3.

Relativamente ao Eurosport, fique a saber que o canal emite as sessões de qualificação e as corridas na “Cidade Eterna”.

Em termos de horas de Portugal Continental, o resumo da sessão de qualificação em Itália pode ser visto este sábado, 10 de abril, no Eurosport 2, a partir das 14h, seguido da 1ª corrida, em direto, a partir das 14h30m, e contará com Duarte Félix da Costa (irmão de Félix da Costa) como especialista convidado.

No domingo haverá a transmissão do resumo da sessão de qualificação no Eurosport 1, a partir das 11h.

Segue-se o direto da 2ª corrida: será meia hora mais tarde, com o convidado do comentador do Eurosport, Vítor Sousa, a ser Rui Alves, o único engenheiro português ligado à Fórmula E desde a sua criação, como engenheiro de performance e estratégia da ABT Audi Fórmula E durante as primeiras sete temporadas do campeonato.

Horas de Portugal Continental

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of