No espaço de poucos anos, os veículos elétricos passaram de viaturas de preços elevados e com pouca autonomia para veículos mais acessíveis e a proporcionar bons alcances com apenas uma carga de bateria.

A oferta variada de modelos que já se encontra à disposição dos consumidores (e que pode observar na nossa secção de mercado) leva a que haja opções de compra em todos os segmentos.

Qual o modelo (ou versão) que é mais conveniente a cada utilizador é a questão que se coloca.

Duas variáveis incontornáveis

Nessa análise, duas variáveis incontornáveis nos veículos elétricos são a autonomia e o preço.

A lógica é que quanto maior autonomia um veículo oferecer, mais caro será esse automóvel. Mas significa isso que quanto mais caro um EV for, maior autonomia tem? Não, isso não é uma verdade absoluta.

Aliás, se isso fosse uma verdade liminar, o automóvel elétrico mais caro do parque automóvel seria aquele que garantiria o alcance recorde. E isso não ocorre, já que confluem outras variáveis, como o tipo de veículo/segmento e posicionamento/status do automóvel.

Ranking

Mais um fator para a escolha

Essa observação levou-nos, no entanto, a querer construir um ranking que ofereça ao consumidor algo mensurável e objetivo que constitua mais um elemento de apoio à compra de um elétrico do ponto de vista da racionalidade económica.

Para esse efeito, considerámos a relação preço/autonomia de todos os elétricos em comercialização no país.

E considerámos a autonomia declarada no ciclo WLTP e o preço de venda ao público, à data de hoje.

Objetivo: perceber quais os EV mais baratos segundo a autonomia que oferecem (em quilómetros) e, inversamente, aqueles que custam mais caro aos seus utilizadores por quilómetro de autonomia percorrida.

Nesse contexto, de acordo com o ranking Watts On Preço/Autonomia, referente a abril de 2021, o modelo elétrico mais favorável para o consumidor é o Fiat 500e Berlina Passion, ao apresentar um valor de 81,21 euros por quilómetro. Tem um preço de €26.800 e alcance em WLTP de 330 km.

O segundo veículo elétrico mais barato segundo este rácio Preço/Autonomia é o Hyundai Kauai Premium com bateria de 64 kW que obtém um valor de 84,81 euros. O seu preço é de €41.050 e tem um alcance declarado de 484 km.

O pódio fica preenchido com o Renault Zoe 50 R110 Zen (bateria de 52 kWh e 80 kW/108 cv de potência), com um índice de 85,42 euros por quilómetro. Nesta versão, o Zoe custa €33.740 e anuncia 395 km.

O primeiro dos elétricos a ficar fora deste “Top 10” é o Peugeot e-208 Active. Os seus 340 km de autonomia têm um preço de €32.420.

O Tesla mais bem classificado, na 12ª posição, é o Model 3 Dual Motor Long Range, com um rácio Preço/Autonomia de 99,98€/km. Indica 580 km de autonomia em WLTP e custa €57.990.

Considerando que o nível de equipamento e os opcionais influenciam a autonomia dos automóveis (pelo maior peso que trazem ao conjunto), consideramos para a elaboração do ranking Watts On Preço/Autonomia a melhor versão de cada gama.

Uma das conclusões interessantes a extrair desta investigação é que no caso de modelos disponíveis com várias opções de bateria, a versão com a bateria maior é a que apresenta o melhor rácio Preço/Autonomia.

a versão com a bateria maior é a que apresenta a melhor relação Preço/Autonomia

O VW ID.3 Tour 77 kWh tem, por exemplo, uma relação Preço/Autonomia de 89,61€/km, ao passo que o VW ID.3 Life 58 kWh tem um valor de acordo com este ranking de 91,80€/km. Os preços são, respetivamente, €48.569 e €39.015, para 542 ou 425 km de alcance com uma carga de bateria.

Essa situação é ainda mais flagrante no Hyundai Kauai cuja versão de 64 kWh assinala 84,81€/km na relação Preço/Autonomia, enquanto a variante com a bateria de 39 kWh possui uma cifra de 119,6€/km. Uma diferença de 41%.

Este tipo de raciocício impera em mais modelos. Assim, também com o Kia e-Niro esta regra é evidente: a versão de 64 kWh exibe 93,96€/km, ao passo que a menos dotada bateria de 39 kWh assinala 121,63€/km. Uma diferença de 29%.

Outro caso que reforça esta tese passa-se com o VW ID.4, crossover acabado de chegar ao mercado: a variante com 77 kWh disponibiliza um valor de 88€/km (o que o coloca no 4º lugar), ao passo que a versão de 52 kWh tem um score de 115,53€/km. Uma diferença de 31%.

O Nissan Leaf e+ 62 kWh (com 105,19€/km) está também mais bem classificado do que o Leaf e+ 40 kWh (com 131,11€/km), estando separados entre si por 25%.

Leaf e+ 62 kWh melhor posicionado do que Leaf e+ 40 kWh

O Peugeot e-Traveller de 75 kWh tem um rácio de 192,69€/km, enquanto a variante de 50 kWh possui 248,65€/km. Diferença de 29%.

Outro caso: o Renault Zoe 50 R110 (bateria de 55 kWh) surge com 85,42€/km, um valor melhor do que o Zoe com a bateria mais fraca (Zoe 40 R110, com 41.0 kWh), de 104,60€/km.

Veículos muito baratos penalizados

O facto de um veículo ser muito barato, não implica que seja, do ponto de vista da relação Preço/Autonomia, a melhor escolha. O Twingo Electric, que obtém uma cifra de 116,84€/km, tem um pior desempenho do que o Zoe, modelo de segmento acima. Motivo: apesar do preço ser mais baixo (€22.200 face a €33.740), a menor autonomia do Twingo (190 para 395 km) prejudica o rácio do citadino da Renault.

Outro caso: o Honda e surge no Ranking Watts On Preço/Autonomia na 41ª posição, com um valor de 163,64€/km, uma nota mais fraca pois tem um PVP elevado (36.000€) para a autonomia apresentada (220 km).

E na cauda do ranking?

Na cauda da tabela, como os modelos com a pior prestação em termos de Preço/Autonomia, surgem o Audi RS e-Tron GT (com 309,06€/km), o Porsche Taycan Turbo (com 350,05€/km) e Porsche Taycan Turbo S (com 467,62€/km).

Entre o primeiro classificado do Ranking Watts On Preço/Autonomia (o Fiat 500e, com 81,21€/km) e o último (o Porsche Taycan Turbo S, com 467,62€/km) há uma diferença de 475%.

Dito de outro modo: o proprietário de um Taycan Turbo S gasta 5,75 vezes mais por cada quilómetro de autonomia do que o utilizador de um Fiat 500e. Claro que o Porsche tem outros atributos e pertence a um segmento completamente diferente. Mas em termos de acesso à autonomia, estes são os valores a ter em conta.

Nas próximas semanas, iremos detalhar mais este Ranking exclusivo Watts On, pelo que deverá manter-se atento ao site e às nossas redes sociais.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Pedro Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Pedro
Visitante
Pedro

Os preços do site estão desactualizados à imenso tempo.