A Câmara Municipal de Lisboa vai manter o programa de apoio à aquisição de bicicletas.

Depois de em 2020 ter atribuído mais de 3300 apoios, o município de Lisboa decidiu renovar o incentivo, o qual prevê um apoio de, pelo menos, 50% do valor de uma bicicleta convencional ou elétrica, comprada numa loja da cidade aderente ao programa.

bicicletasO vereador de Mobilidade, Segurança, Economia e Inovação da Câmara Municipal de Lisboa, Miguel Gaspar, esclareceu que o programa do ano passado decorreu até novembro. Quem adquiriu uma bicicleta depois de novembro vai poder candidatar-se este ano para conseguir o apoio retroativamente.

A nova edição do programa de apoio à aquisição de bicicletas para uso citadino vai contemplar bicicletas de carga, sem assistência elétrica; ou seja, as bicicletas de carga elétricas estavam, até aqui, abrangidas e em 2021 as bicicletas de carga convencionais passam a ter, igual modo, um benefício.

Outra das novidades é a possibilidade de entidades sem fins lucrativos e juntas de freguesia do concelho de Lisboa se candidatarem ao incentivo.

O programa apoia ainda a aquisição de acessórios de segurança e transporte de crianças em bicicletas, bem como a reparação de bicicletas usadas, num apoio de 50% até a um limite de 80 euros.

Reunião de Câmara Extraordinária já aprovou

Em reunião de Câmara Extraordinária de 18 de fevereiro de 2021, foi deliberado submeter à Assembleia Municipal de Lisboa a Proposta nº 864/2020, apresentada por Miguel Gaspar, que prevê “a prorrogação do prazo de receção de candidaturas ao Programa de Apoio à Aquisição de Bicicleta do Município de Lisboa (2020), a aprovação das regras de funcionamento do Programa de Apoio à Aquisição de Bicicleta do Município de Lisboa para o ano de 2021 e a atribuição de apoios à aquisição de Passe Mensal da Rede GIRA, nos termos da proposta”.

A deliberação foi aprovada por 15 votos a favor (5 PS, 3 independentes, 4 CDS/PP, 2 PSD e 1 BE), zero contra e duas abstenções (2 PCP).

Aguarda-se agora o agendamento da proposta para votação pela Assembleia Municipal de Lisboa.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of