A estreia mundial do Taycan Cross Turismo (versão Cross Utility Vehicle do elétrico da Porsche) terá lugar no próximo dia 4 de março e a marca avança com algumas informações sobre os últimos testes de condução extremos a que o modelo foi submetido.

O extenso programa de testes da Porsche teve lugar em circuitos como Nürburgring Nordschleife e Hockenheim (ambos na Alemanha), assim como noutros complexos de teste espalhados pelo mundo – incluindo na cidade de Nardò, no sul de Itália.

Adicionalmente, o Cross Turismo foi também posto à prova fora de estrada no sul de França e nos Pirenéus.

998.361 km de testes

O complexo de testes do Centro de Desenvolvimento em Weissach proporcionou testes todo-o-terreno adicionais fora de África com o, assim apelidado, circuito Safari.

Com um total de 998.361 km de testes, os protótipos do Cross Turismo circum-navegaram o globo quase por 25 vezes – medidas no equador.

Paralelamente aos últimos testes de condução, um Taycan Cross Turismo camuflado tem estado em testes com a imprensa desde o início do ano. Em apenas seis semanas, este protótipo visitou os cinco maiores mercados para a versão Cross Utility do Taycan: EUA, Reino Unido, Noruega, Holanda e Alemanha.

A nova variante apresenta todos os atributos do Taycan, garantindo, todavia, mais espaço para a cabeça dos passageiros dos lugares traseiros e maior capacidade para armazenamento de objetos na bagageira.

“Durante o desenvolvimento do Cross Turismo, claro que utilizámos a experiência obtida com o Taycan. O maior desafio foi combinar os requisitos de caráter desportivo com as capacidades fora de estrada,” diz Stefan Weckbach, Vice President Model Line: “O Cross Turismo tem de ser capaz de apresentar uma elevada performance em circuito e também de lidar com cascalho, lama ou gravilha”.

Estas últimas condições foram simuladas no “Endurance Testing Ground” no Centro de Desenvolvimento em Weissach. Weckbach: “O Cross Turismo não é um todo-o-terreno radical, mas especializa-se em estradas não pavimentadas. É uma espécie de canivete suíço com jantes até 21 polegadas”, afirma a marca alemã.

Na Porsche, os automóveis elétricos são submetidos aos mesmos programas de testes dos automóveis desportivos com motores de combustão interna.

carregar a bateria ou controlar as temperaturas do conjunto de transmissão sob temperaturas extremas são aspetos adicionais testados

Além de demonstrarem a sua performance, estes testes colocam também à prova a utilização quotidiana sem restrições sob todas as condições climatéricas.

Tarefas particularmente exigentes, como carregar a bateria ou controlar as temperaturas do conjunto de transmissão e do habitáculo sob temperaturas extremas, são aspetos adicionais testados nos modelos elétricos. Outros objetivos de desenvolvimento típicos da Porsche incluem a performance em circuito, a capacidade de concretizar repetidamente acelerações com o acelerador a fundo e uma autonomia capaz para a utilização quotidiana.

Tempestade do túnel de vento

Os intensivos testes são também realizados em laboratórios e em rolos e incluem o desenvolvimento e validação do design aerodinâmico. O Cross Turismo enfrentou a tempestade do túnel de vento durante cerca de 325 horas. A berlina desportiva Taycan passou aqui cerca de 1.500 horas durante o processo de desenvolvimento.

O novo sistema de transporte traseiro de bicicletas, desenhado pela Porsche para este modelo foi também alvo de programas de testes em estradas com mau piso e em condução dinâmica. Define novos padrões em relação ao comportamento dinâmico, ergonomia, segurança ao volante e estabilidade. Diversas e-bikes podem ser transportadas no seu espaço.

O Taycan Cross Turismo vai ser lançado na Europa no verão de 2021.

Porsche Taycan Cross Turism a transportar bicicletas

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of