O mercado da descarbonização energética passou a contar com uma nova empresa, a Cleanwatts.

A firma emerge da tecnológica Virtual Power Solutions (VPS), estruturando-se como uma firma de gestão energética com enfoque no ramo da energia limpa, originando e gerindo Comunidades de Energia Renovável zero capex, onde a energia limpa é providenciada como um serviço a participantes locais – sem investimento por parte dos mesmos em relação às infraestruturas e tecnologias necessárias.

Liderada por uma equipa de gestão com um background em sistemas energéticos, software, tecnologia limpa, serviços financeiros e manufaturação industrial, a Cleanwatts adotou as plataformas proprietárias da VPS (agora uma subsidiária sua) para desenvolver o seu trabalho.

Três plataformas

Essas platafomas são:
– Kisense (gestão energética para empresas comerciais e industriais, desenhada para monitorizar, gerir, controlar e otimizar a geração energética em tempo real bem como o armazenamento e o consumo de ativos);
– Kiplo (plataforma de gestão energética desenhada para providenciar capacidades de agregação, serviços de balanço ao nível da rede e trocas peer-to-peer dentro das comunidades energéticas;
e Cloogy (gestão energética para uso residencial, permitindo aos domicílios monitorizar, gerir, controlar e otimizar, em tempo real, a geração, armazenamento e padrões de consumo energéticos).

“Temos as competências e capacidade para facilitar o acesso a energia limpa acessível, como uma extensão natural das nossas áreas de especialidade na gestão energética. Os mercados energéticos e os enquadramentos legislativos estão a evoluir rapidamente. Portanto as condições estão mais favoráveis a combinar e implementar ativos energéticos distribuídos com capital financeiro, tecnologias digitais e capacidades humanas de forma inteligente e eficiente, para o benefício de empresas, comunidades e muitos países, à escala mundial”, afirma Michael Pinto, co-fundador e CEO da Cleanwatts.

A Cleanwatts está a gerir um pipeline de mais de 20 Comunidades de Energia Renováveis, que é esperado que comecem a operar nos próximos 18 meses.

Através da VPS, a empresa é também um parceiro do FleXunity, um consórcio fundado pelo programa EU Horizon 2020, que ambiciona criar comunidades de energia na Europa e conectá-las a inovadores serviços de flexibilidade de rede.

Crescimento internacional

Apesar da pandemia, a Cleanwatts está agora focada no seu crescimento internacional na Europa e Américas.

Em reconhecimento do seu valor, a Cleanwatts foi selecionada pela seguradora Fidelidade para os apoiar com uma estratégia energética inovadora para o seu novo projeto no centro de Lisboa, um espaço de escritório, complexo residencial e de retalho de 205.000 m2.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of