A Hyundai fez a revelação mundial nesta manhã do novo Ioniq 5, um crossover de tamanho médio que é o primeiro modelo a ser lançado sob a submarca elétrica Ioniq do construtor sul-coreano.

Tecnologia de bateria de 800 V

Uma das suas características mais distintivas deste novo modelo é a sua tecnologia de bateria de 800 V (à semelhança do Porsche Taycan) que oferece potencial para carregamento ultrarrápido.

Nesse cenário, o Ioniq 5 quando colocado num carregador de 350 kW DC, carrega em 18 minutos, de 10% a 80%. O Ioniq 5 carrega tanto a 800 V como a 400 V.

O Ioniq 5 tem disponível dois tamanhos de bateria: 72,6 kWh e 58 kWh, ambos disponíveis com tração traseira ou integral. A autonomia máxima é de 470 km.

Design retro

Com um visual retro design a lembrar o Hyundai Pony de 1975 (o primeiro veículo de produção da Hyundai) e inspiração clara no concept car 45 (mostrado no salão de Frankfurt de 2019), o Ioniq 5 tem linhas limpas e óticas com aparência “pixelizada”, com faróis dianteiros LED com 256 pixeis.

O veículo mede 4635 mm de comprimento, 1890 mm de largura e 1605 mm de altura, oferecendo uma generosa distância entre eixos de 3000 mm para favorecer a habitabilidade.

O Ioniq 5 será o primeiro automóvel da nova submarca Hyundai dedicada a veículos elétricos.

Plataforma E-GMP

O modelo utiliza a E-GMP (Electric-Global Modular Platform), base modular concebida para viaturas 100% elétricas do Grupo Kia-Hyundai, que apresenta, como é comum nas plataformas específicas para EV, um layout de skate com um piso interior plano para alojar os packs de baterias e evitar perdas de espaço.

Potências e prestações: 72.6 kWh

A versão do Ioniq 5 com dois motores, pack de 72.6 kWh, tração às quatro rodas com potência combinada de 225 kWh (306 cv) e 605 Nm de binário, acelera dos 0-100 km/h em 5,2 segundos.

A versão com baterias de 72.6 kWh, mas com tração traseira, tem 160 kW (217 cv), 350 Nm, acelerando dos 0-em 7,4 segundos.

Potências e prestações: 58 kWh

A variante com bateria de 58 kWh, tração às quatro rodas, 173 kW (232 cv) de potência e 605 Nm de binário, acelera dos 0-100 km/h em 6,1 segundos.

A versão com baterias de 58 kWh, mas com tração traseira tem 125 kW (167 cv), 350 Nm, acelerando dos 0-em 8,5 segundos.

A velocidade máxima é sempre de 185 km/h, independentemente da versão de motor presente no carro.

Carregamento bidirecional

Outra característica do Ioniq 5 é ter bidirecionalidade, ou seja, com a função Vehicle to Load (V2L) não apenas recebe energia (para se alimentar), como também pode injetar energia na rede, funcionando como um microgerador, com 3.6 kW de capacidade.

O veículo, que terá nove cores exteriores à disposição, possui ainda um tejadilho com painéis fotovoltaicos para melhorar a eficiência, armazenando energia que é transferida para a bateria.

Interior com dois ecrãs de 12’’

Num interior minimalista, o espaço é dominado por dois ecrãs de 12’’ no tablier, tendo a marca introduzido um head up display com realidade aumentada (Augmented Reality Head-Up Display – AR HUD).

Outro detalhe: parte dos tapetes e materiais usados nos acabamentos contêm materiais extraídos da cana do açúcar.

Além disso, o fio de plástico usado no fabrico dos estofos de tecido é BIO-PET e os de pele são feitos através de um processo sustentável de fabrico, que usa óleo de sementes de linhaça em vez de produtos animais.

O volume da mala é de 531 litros ou 1600 litros, dependendo da disposição dos bancos. Os bancos traseiros deslizam e dobram 60:40.

Os assentos dianteiros têm 30% menos de espessura para proporcionar mais espaço para a fila traseira, rebatendo 90º, ou seja, quase que se deitam na totalidade.

A consola central desliza, numa calha de até 140 mm, para uma melhor gestão do espaço.

Quando é lançado?

A data de lançamento no mercado português está ainda a ser afinada, mediante a disponibilidade da fábrica satisfazer a procura nos diversos mercados, mas é certo que chegará durante o verão – o mês em concreto é que ainda está por precisar.

Relativamenete a preços, esse assunto está a ser estudado pelo representante da marca em Portugal.

Todavia, atendendo à concorrência, o modelo deverá ter um posicionamento que o permita estar alinhado com aqueles que serão os seus principais rivais elétricos; a saber: VW ID.4 (4580 mm de comprimento), Tesla Model 3 (4694 mm), Tesla Model Y (4775 mm), Skoda Enyaq iV (4648 mm) ou Ford Mustang E-Mach (4724 mm).

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of