Na era do distanciamento social, a tecnologia pode desempenhar um papel a unir as pessoas e a facilitar a vida.

Ainda no rescaldo da CES 2021, que este ano foi virtual, Il-Pyung Park (I.P. Park), presidente e CTO da LG Electronics, defendeu na maior feira de eletrónica de consumo do mundo a importância de uma inovação aberta para se obterem produtos tecnológicos que possam garantir o bem-estar e a segurança dos consumidores e até minimizar os riscos de saúde.

I.P. Park afirmou que a inovação partilhada tem sido o princípio subjacente dos mais recentes avanços tecnológicos da LG.

Já na CES 2019, o CTO da LG tinha abordado o modo como os três pilares de Inteligência Artificial (IA) – Evoluir, Comunicar e Abrir – podem proporcionar um ecossistema robusto de Inteligência Artificial (IA) com diferentes soluções para o mundo real.

No evento, foi destacada a importância da inovação aberta e do poder crescente da parceria entre disciplinas e setores com vista a oferecer o produto ou o serviço ideal aos consumidores.

O LG Innovation Council foi dado como um exemplo das várias iniciativas colaborativas da LG, reunindo um grupo de especialistas de uma ampla gama de empresas de tecnologia para aprender, cooperar, descobrir novas oportunidades e encontrar novas formas de melhorar a vida das pessoas.

Abordagem partilhada em relação à inovação

Esta abordagem partilhada em relação à inovação fornece a base de todos os projetos da LG, especialmente sob a sua marca LG ThinQ, que engloba os dispositivos habilitados para Inteligência Artificial (IA) e IoT da empresa.

Neste âmbito, I.P. Park está apostado em desenvolver um ecossistema conectado com os produtos e serviços de todas as categorias, proporcionando aos consumidores “uma experiência de utilização gratificante e com um nível insuperável de conveniência”.

Ecossistema de lifestyle

“Não se trata apenas de aparelhos e dispositivos individuais que têm capacidades de IA e de conectividade; trata-se sim de construir um ecossistema em que a LG e os seus parceiros trabalham juntos para expandir, otimizar e enriquecer o que oferecemos aos nossos clientes”, refere I.P. Park.

Nesse contexto, a evolução da app ThinQ aponta para ir além do controlo e da funcionalidade de monitorização de tecnologia, visando tornar-se numa plataforma de lifestyle totalmente digital, em que a gestão do lar fica facilitada para que os clientes possam concentrar-se nas coisas que mais importam.

“A tecnologia e as suas diversas disciplinas estão a convergir de forma a facilitar uma série de inovações digitais – IA, conectividade 5G, IoT, cloud, sensores, navegação e baterias –, transformando a mobilidade, que acaba por ser uma grande parte das nossas vidas. Esse é um comportamento que estamos a ver também em muitas outras áreas – transporte, logística, agricultura, saúde e até alimentação”- Gary Shapiro, presidente e CEO da Consumer Technology Association.

Nesse cenário, LG e Element AI, estão a desenvolver uma plataforma inovadora, a AIX Exchange, que permitirá que os líderes da indústria, investigadores, políticos e consumidores se envolvam diretamente na discussão sobre a implementação da IA tendo em conta o bem-estar de todos.

O presidente e CTO da LG Electronics revelou também algumas das tecnologias inteligentes nas quais a LG tem vindo a trabalhar, incluindo o Vision Pack, que aumentará as capacidades de IA existentes nos frigoríficos e espelhos inteligentes ThinQ.

“Voltamos sempre à importância de trabalharmos juntos em todos os setores, porque construir e expandir este tipo de ecossistema é um esforço absolutamente multidisciplinar”, enfatiza I.P. Park. “É tudo uma questão de trabalho em equipa, cooperação e parceria quando se trata de inovação para uma vida melhor na era da transformação digital”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of