O site MobZERO.pt, que foi hoje lançado pela associação Zero, disponibiliza um simulador que efetua uma comparação entre veículos 100% elétricos disponíveis no mercado nacional e os veículos de combustão interna (a gasolina e a gasóleo), do mesmo segmento e subsegmento mais vendidos, também no mercado nacional (segundo dados oficiais da ACAP – Associação Automóvel de Portugal), no ano ou semestre anterior.

De acordo com a associação Zero, os números mostram que, para a grande maioria dos modelos, os veículos 100% elétricos são mais vantajosos, quer em termos de emissões de gases poluentes, quer em relação aos custos totais de aquisição e utilização, que são comparáveis ou mesmo inferiores aos dos veículos a gasolina e gasóleo.

Os resultados do simulador permitem comparar várias componentes financeiras associadas à aquisição e utilização de um veículo, assim como as emissões de gases poluentes, para o tempo de retenção do mesmo, de acordo com o tipo de cliente, particular ou empresarial.

Como exemplo das funcionalidades do simulador, considera-se aqui uma quilometragem anual de 10.000 km/ano, um tempo de retenção do veículo de dez anos, valores oficiais de consumos de eletricidade e combustível das marcas e o incentivo do Estado à aquisição de veículo 100% elétrico.

Contas para berlina de segmento C…

Para uma berlina 100% elétrica do segmento C (Compacto/Familiar Médio), o simulador MobZERO apresenta um comparativo de emissões totais de CO2 de 1, 13 e 12 toneladas para os veículos 100% elétricos, a gasolina e a gasóleo, respetivamente.

Em termos de emissões de NOx, os valores contabilizados são de 2, 3 e 5 quilogramas para os veículos 100% elétrico, a gasolina e a gasóleo, respetivamente.

No caso de se tratar de um cliente particular, os custos totais de aquisição e utilização ascendem a cerca de 39, 41 e 39 mil euros, para os veículos 100% elétricos, a gasolina e a gasóleo, respetivamente.

Para um cliente empresarial, esses custos rondam os 26, 40 e 38 mil euros para os veículos 100% elétricos, a gasolina e a gasóleo, respetivamente.

A associação ambientalista salienta que, entre os custos totais, a componente dos custos de manutenção ronda os 1200, 3800 e 2700 euros, para os veículos 100% elétricos, a gasolina e a gasóleo, respetivamente.

Quanto à componente dos custos de eletricidade ou combustível, esta situa-se nos 3000, 8000 e 5500 euros, para as três tipologias de veículos, respetivamente.

… e para SUV de segmento C

No caso de um SUV 100% elétrico, também do segmento C, o mesmo comparativo de emissões de CO2 situa-se nas 1, 15 e 14 toneladas para um veículo 100% elétrico, a gasolina e a gasóleo, respetivamente.

ZERO demonstra que EV compensam muito pelas emissões e baixos custos de manutenção

No que concerne a emissões de NOx, o comparativo feito dita valores de 3, 3 e 5 quilogramas para um veículo 100% elétrico, a gasolina e a gasóleo, respetivamente.

Os custos totais para o cliente particular situam-se nos 48, 44 e 43 mil euros para um veículo 100% elétrico, a gasolina e a gasóleo, respetivamente, ao passo que os custos para o cliente empresarial situa-se nos 32, 42 e 41 mil euros para uma viatura 100% elétrica, a gasolina e a gasóleo, respetivamente.

E com carregamento rápido para os elétricos?

Se o carregamento selecionado para o veículo 100% elétrico for carregamento rápido na rede Mobi.e, então isso acarreta um custo extra de eletricidade que ronda os 1000 euros, segundo a Zero.

Foto: Jonathan Brinkhorst/Unsplash

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Francisco CorreiaNicolau Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Nicolau
Visitante
Nicolau

No título dizem que são mais vantajosos, mas só mais tarde referem o mais importante para quem vai escolher. O preço para os particulares! 48 mil contra 44 mil/43 mil euros. Se não for mais barato, apenas os ricos têm possibilidades de ser ecológicos. A classe média compra carros de tipo SUV por 25 mil euros e a classe baixa não dá mais de 10 mil euros por um carro. Enquanto os elétricos tiverem estes preços, vai ser muito difícil haver a adesão global que se pretende.

Francisco Correia
Visitante
Francisco Correia

Fiz algumas simulações, no entanto o simulador assume que o custo de condução de um elétrico é 6 vezes superior se for carregado em casa, vs a rede mobi.e, e mais do dobro do custo de condução do gasóleo. Adicionalmente colocam o preço de um elétrico real, mas o equivalente em motores térmicos custa metade do preço. Assim não há simulação que seja razoavelmente esclarecedores, e pior, coloca os elétricos como muitos desvantajosos.