A primeira de três unidades elétricas midibus Iveco E-Way de 9,5 m foi entregue à TPER (Trasporto Passeggeri Emilia-Romagna/Transporte de Passageiros Emilia Romagna) pela Maresca & Fiorentino, concessionário dedicado Iveco Bus, de Bolonha.

A entrega de duas outras unidades 100% elétricas está prevista para os primeiros meses de 2021.

Estes novos autocarros serão utilizados para o serviço de transportes públicos em percursos que passam pelo centro histórico, bem como pelo percurso do Hospital Rizzoli.
Estas unidades são as primeiras do novo midibus totalmente elétrico a serem entregues na Europa.

Sendo os mais recentes modelos da gama de eletromobilidade da Iveco, os midibus E-Way 100% elétricos estão disponíveis em 4 comprimentos, 3 tipos de carregamento e 3 tipos de baterias.

Dimensões compactas

Estes modelos são caracterizados pelas suas dimensões compactas, 9,5 metros de comprimento e apenas 2,33 metros de largura, o que os torna ideais para os percursos com restrições e ruas estreitas, típicos dos centros históricos.

Está também disponível uma versão com 10,7 metros de comprimento.

Lotação para 69 passageiros

Os midibus E-Way da Iveco oferecem grande flexibilidade e espaço interior optimizado, com capacidade para 69 passageiros, incluindo 16 lugares sentados, e um espaço específico para passageiros com mobilidade reduzida, bem como uma plataforma manual para fácil acesso. A função de piso rebaixado está presente.

Motor Siemens de 160 kW

A estrutura é integralmente construída em aço inoxidável e acolhe um motor de indução Siemens de 160 kW alimentado por um pack de baterias de alta capacidade, alojadas no tejadilho e na secção traseira, com carregamento durante a noite até aos 245 kW.

O veículo pode ser utilizado durante todo o dia de serviço após um carregamento de seis horas.

Giorgio Zino, Diretor Comercial da Iveco Bus para Itália e Grécia, destaca o facto do novo autocarro elétrico Iveco E-Way, graças às suas dimensões compactas, ser “capaz de navegar pelo centro de Bolonha com facilidade, sem emissões ou ruídos, transportando a bordo 69 passageiros, um recorde para a sua categoria”.

Bolonha quer ser mais verde

A aquisição destes veículos faz parte de um projeto liderado pela TPER, que faz a gestão do serviços de transportes públicos não ferroviários em Bolonha e Ferrara, e o serviço ferroviário na região de Emilia Romagna, com o objetivo de tornar Bolonha uma zona urbana cada vez mais “zero emissões”, com impactos positivos sobre o meio ambiente e a qualidade de vida urbana, reduzindo as emissões poluentes, ruídos e vibrações, com vista ao cumprimento do objectivo estabelecido para 2025 pelas diretrizes comunitárias para uma política “verde” e cotas para veículos com baixos consumos de energia nas frotas de transportes públicos.

Neste contexto, a gama E-Way da Iveco demonstra que este género de seus veículos é ideal para a redefinição do transporte urbano numa perspetiva ecológica zero emissões, “abrindo o caminho para que as cidades se tornem ainda mais ‘verdes’, inteligentes e sustentáveis”, aponta o fabricante.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of