A Ubiwhere, empresa high-tech sediada em Aveiro, participa no projeto Europeu NEANIAS, no qual lidera a criação de uma solução de software para a monitorização inteligente da qualidade do ar e análise de perdas energéticas nas cidades.

O NEANIAS (“Novel EOSC Services for Emerging Atmosphere, Underwater & Space Challenges”), em português algo como “Novos Serviços EOSC para desafios emergentes da investigação atmosférica, subaquática e espacial” é um projeto desenvolvido ao abrigo do Programa H2020 com o principal objetivo de promover as práticas de Ciência Aberta na Europa e prestar um papel ativo na materialização do ecossistema European Open Science Cloud (EOSC).

A EOSC é uma plataforma digital criada pela Comissão Europeia destinada a investigadores e profissionais da comunidade científica que oferece acesso transparente a dados e serviços interoperáveis que endereçam todo o ciclo de investigação de dados, desde a recolha, ao armazenamento e análise, podendo ser reutilizados ao longo de diversos países e atividades.

O seu propósito é estabelecer um ambiente digital de serviços abertos e integráveis, em formato de catálogo, que conta com o feedback de cada utilizador e os resultados da aplicação de determinada solução para que terceiros possam usufruir destas soluções e da informação, fomentando assim a partilha científica e alavancando a inovação Europeia.

O NEANIAS reúne 20 parceiros, desde universidades e centros de investigação a empresas tecnológicas, entre as quais a Ubiwhere, que contribuem para este ecossistema com a criação, desenvolvimento e integração de soluções temáticas inovadoras no âmbito da investigação nas áreas temáticas atmosférica, subaquática e espacial.

A Ubiwhere está responsável por desenvolver uma solução inteligente de aferição, monitorização e previsão da qualidade do ar e análise de perdas energéticas nas cidades, com base em dados históricos provenientes de diferentes fontes.

Aplicada a cidades

Uma vez desenvolvida e validada com sucesso no âmbito do projeto, a solução será integrada no catálogo EOSC, para que cidades e comunidades de investigação possam beneficiar da tecnologia e dos dados recolhidos para criar novos e inovadores produtos.

Para além do contributo que o novo serviço representa para a comunidade científica é também uma oportunidade para a Ubiwhere que se torna capaz de complementar a sua Plataforma Urbana com uma nova funcionalidade.

A Plataforma Urbana foi criada pela Ubiwhere “com o propósito de apoiar as cidades nos seus desafios diários e ajudá-las a tornarem-se verdadeiramente preparadas para o futuro. Acessível, intuitiva e abrangente, oferece uma vista global e integrada da cidade a municípios, autoridades e distribuidores de serviços, apresentando informação sobre diversos domínios, desde mobilidade e energia à qualidade do ar e sustentabilidade”, afirma a startup.

Com o novo serviço de monitorização atmosférica, a Plataforma Urbana oferece às cidades indicadores valiosos para a gestão de serviços (por exemplo, no âmbito da mobilidade), com impacto directo sobre a qualidade do ar, para que possam estar alinhadas com as metas europeias e internacionais de desenvolvimento sustentável (como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU) e com um foco na qualidade de vida dos seus cidadãos, através de um ar limpo e seguro.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of