Este Natal contribua para a campanha solidária da Worten

0
344

Há mais de uma década que a Worten se compromete a ajudar quem mais precisa e, em simultâneo, contribuir para a preservação do planeta. Por essa razão, é muito provável que já tenha ouvido falar do Worten Transforma. Um programa de responsabilidade social corporativa da marca.

“O Worten Transforma tem como premissa, desde sempre, a reciclagem de velhos televisores, impressoras avariadas ou micro-ondas, telemóveis ou carregadores que já não usamos”, explica a diretora de marketing da Worten.

Nos últimos dez anos o Worten Transforma permitiu “reciclar mais de 55 mil toneladas de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE)”. Bem como “doar mais de 22 mil novos equipamentos, num investimento superior a 2 milhões de euros”. Além disso “impactou diretamente mais de 600 mil utentes”.

Campanha “Dá uma para a caixa e transforma o Natal”

Associada ao projeto Worten Transforma, foi lançada a campanha “Dá uma para a caixa e transforma o Natal”. Através da qual os portugueses são, mais uma vez, incentivados a entregarem numa loja Worten os equipamentos elétricos que já não usam ou que estão avariados.

Em troca, garante Inês Drummond Borges, “comprometemo-nos a encaminhar os aparelhos corretamente para reciclagem, minimizando o impacto desses resíduos para o ambiente”. Bem como “a doar produtos novos a quem mais precisa”, acrescenta a diretora de marketing da Worten.

Qual loja do grupo, de norte a sul do país, está capacitada para receber os seus equipamentos, estejam eles avariados ou simplesmente “esquecidos” pela casa. Mas, no caso de não ter aparelhos eletrónicos para doar, pode contribuir para esta causa de uma outra forma. Fazendo, por exemplo, uma doação em worten.pt.

Basta aceder ao site da marca, procurar o produto “Transforma” e adicionar o mesmo ao carrinho. Pode contribuir com o valor que lhe for mais confortável, sendo que o valor mínimo é de 0,50€.

Covid obrigou a uma readaptação

A diretora de marketing da Worten confessa que “tivemos de adequar o programa ao contexto atual”. Até porque “devido ao Covid19 temos menos deslocações às lojas”, situação que a Worten contornou “dando a opção de contribuição online”, explica Drummond Borges.

Além disso, desde que começou 2020, a Worten alargou o espectro de entidades beneficiárias. Nomeadamente aos hospitais, escolas e diferentes instituições de ensino. Até porque a marca está consciente de que “estes tornaram-se particularmente vulneráveis com esta crise pandémica”, esclarece a diretora.

Ao longo de 2020, e graças à significativa adesão dos portugueses ao projeto Worten Transforma, a Worten teve oportunidade de doar mais de 100 mil euros em equipamentos novos. Os principais beneficiados foram hospitais, escolas e instituições de solidariedade social de todo o país.

“Face ao aumento de pedidos de apoio recebidos, em virtude da pandemia, a Worten reorientou este seu programa de responsabilidade social e ambiental de moda a concentrar esforços no apoio ao bem-estar de doentes e profissionais de saúde”. Bem como “na redução das assimetrias que a realidade do ensino à distância veio agudizar”.

No caso das unidades de saúde foram doados sobretudo equipamentos que ajudam a reduzir a distância entre os utentes internados e as respetivas famílias. Ou seja: tablets, smartphones e intercomunicadores.

Esta tipologia de instituições foi igualmente presenteada com frigoríficos, máquinas de lavar e os mais variados pequenos eletrodomésticos. Desta forma terão oportunidade de equipas as suas copas improvisadas e lavar em segurança o fardamento de enfermeiros, médicos e auxiliares.

Já os portáteis, desktops, monitores e tablets foram entregues a escolas e outras instituições de ensino. Principalmente porque “são estas que apoiam populações mais vulneráveis no acesso dos seus filhos ao ensino à distância”, refere a Worten.

Entidades parceiras

Apesar de ser a grande impulsionadora desta ação social, este é um trabalho que a Worten faz em parceria com outras duas entidades. A ERP Portugal, que é o braço direito da Worten na gestão dos resíduos entregues para reciclagem. E o Banco de Bens Doados da ENTRAJUDA, responsável pela identificação das necessidades das instituições.

No entender da diretora-geral da ERP Portugal “reciclar os resíduos elétricos e transformá-los em ações sociais é fundamental, sobretudo num ano atípico como este”. Por isso mesmo “chamamos os Portugueses para esta missão que é de todos e para todos”, salienta Rosa Monforte.

Por sua vez, Isabel Jonet salienta que “a Worten tem uma real preocupação com a sustentabilidade e esta campanha, organizada de forma continuada, é disso prova”. Até porque “ao envolver os clientes, facilitando a entrega de equipamentos elétricos e eletrónicos e criando uma caixa que funciona como um novo ponto de recolha, está a incentivar à correta reciclagem de resíduos e a promover boas práticas”.

Relativamente a esta parceria entre a Worten e a empresa que representa, a Presidente da ENTAJUDA defende que “a conversão dos produtos doados em equipamentos novos entregues a instituições de solidariedade social selecionados e acompanhados pela ENTRAJUDA, permite associar um pilar de responsabilidade social que acresce ao cuidado com os impactos ambientais”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of