A Prio inaugurou no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) um Posto de Carregamento Rápido (PCR) para veículos elétricos.

A instalação decorre de um protocolo assinado entre ISEL e Prio e enquadra-se no investimento que a Prio está a realizar, desde 2010, no desenvolvimento da mobilidade elétrica em Portugal.

Com este PCR num polo universitário, a Prio também “aprofundar a ligação à comunidade académica”, “essencial para a continuação do desenvolvimento e fomento da inovação e know-how na mobilidade elétrica”, afirma a empresa.

Atualmente, a Prio conta com cerca de 205 pontos de carregamento em Portugal, pretendendo chegar aos 300 num prazo de 5 anos.

Esta instalação faz, de resto, parte de um leque de várias iniciativas previstas no protocolo entre Prio e ISEL e que contempla igualmente a modernização de laboratórios do ISEL, em particular o Laboratório de Motores Alternativos que passou a integrar a rede dos “Prio Lab” Mobilidade Elétrica.

Esses “Prio Lab” pretendem promover o contacto dos estudantes com as tecnologias da mobilidade elétrica, dotando-os das competências necessárias para poderem contribuir com os seus conhecimentos. Isto para além de estimular a inovação e aproximar as instituições de ensino e as empresas.

Para Luís Martins, administrador da Prio, “a inauguração deste ponto de carregamento no ISEL é muito mais do que uma aposta na mobilidade elétrica. É também uma aposta na promoção na formação e na experiência técnica da nova geração de engenheiros que podem criar valor pela inovação e desenvolvimento de novas formas de mobilidade a nível global. Queremos continuar a trabalhar com os alunos de universidades e politécnicos para aprofundar e desenvolver novas soluções e com isso dar as nossas famílias e empresas, mais sustentabilidade social e ambiental”.

Este investimento na mobilidade elétrica é resultado da visão que a Prio tem para o setor energético, que caminha para um futuro cada vez mais sustentável e por isso a empresa anunciou que este mês passou a disponibilizar eletricidade de origem 100% renovável.

Leia também:

Prio apoia alunos de 5 Politécnicos nas formações em mobilidade elétrica

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of