A equipa campeã da elétrica Fórmula E, a DS Techeetah fez a pré-apresentação da sua participação na temporada de 2021 da Fórmula E, com o português António Félix da Costa (vencedor do último campeonato) e o francês Jean-Éric Vergne (duplo campeão de Formula E) em destaque.

Numa transmissão online a partir de Paris, num estúdio perto da sede da DS Automobiles em Versalhes, a equipa reafirmou o objetivo de voltar a lutar pelas vitórias naquela que será a Temporada 7, curiosamente a primeira com o estatuto de Campeonato do Mundo FIA, com arranque já em janeiro de 2021, em Santiago do Chile.

Ou seja, quem triunfar na época 2021 será o primeiro Campeão do Mundo de Fórmula E.

Na última época, a DS Techeetah ganhou títulos de equipa e piloto com o carro Gen2 FE, os quais irá defender em 2021.

[clique na foto para aumentar]

No evento foi anunciado que a equipa iniciará a época com o monolugar DS E-Tense FE20 vencedor da anterior temporada, numa das opções propostas pela organização como resultado da pandemia da COVID-19.

Embora o padrão preto e dourado será mantido, há um “restyling” no DS E-Tense FE20.

Xavier Mestelan Pinon, Diretor da DS Performance, explica que “em resultado da crise sanitária que atravessamos, a Fórmula E alterou os seus regulamentos e, em vez de obrigar à homologação de um novo carro antes do início da nova temporada, foi-nos dada a oportunidade de estender a homologação do atual até o final do Campeonato do Mundo de 2021. Dada esta oportunidade, optámos por adotar uma nova abordagem e iremos desenvolver dois carros em simultâneo. Fruto dos fantásticos resultados alcançados da Temporada 6 e pelo próprio monolugar DS E-TENSE FE20, iniciaremos a Temporada 7 com uma versão evoluída do carro vencedor do ano passado, apenas estreando o novo DS E-Tense FE21 no E-Prix de Roma”.

Os primeiros treinos da época irão ter lugar em Valência, Espanha, nos próximos dias.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of