A Volvo Cars aderiu recentemente à Ellen MacArthur Foundation.

Esta adesão insere-se nos objectivos da empresa de conseguir aplicar princípios circulares capazes de responder às ambições climáticas já definidas.

Uma empresa circular é aquela que é capaz de manter os produtos e os componentes em utilização por mais tempo, minimizando assim a necessidade de produzir novos materiais e de extrair recursos finitos com vista à eliminação do desperdício.

A Ellen MacArthur Foundation foi fundada em 2010, tendo como objetivo principal inspirar empresas, instituições académicas, legisladores e outras instituições para mobilizar soluções de sistemas circulares à escala global.

Ao fazer parte da maior rede mundial de parceiros defensora destes princípios económicos, a Volvo Cars pretende acelerar a sua transição para uma economia circular.

A Volvo Cars anunciou que pretende afastar-se de uma economia linear e aplicar princípios circulares capazes de responder às ambições climáticas já definidas, garantindo uma disponibilidade futura de materiais, o uso eficiente de matérias-primas e as melhores práticas de gestão de resíduos.

A estratégia para a transformação inclui:
• Utilizar 25% de materiais reciclados e de base biológica nos automóveis até 2025 com opções mais sustentáveis selecionando materiais como couro e madeira;
• Minimizar o desperdício, reduzindo desde já o desperdício da produção em 15% até 2021;
• Reter o valor dos componentes, através da reutilização e recondicionamento de peças;
• Desenvolver novos negócios e oportunidades que optimizam o uso eficiente do ciclo de vida dos produtos e das componentes.

A Volvo Cars pretende tornar-se numa empresa totalmente circular em 2040. 

      • Para isso, a Volvo definiu as seguintes metas:
        Até 2025: reduzir o máximo possível de emissões de CO2 e de custos dos produtos e serviços atuais
        Até 2040: desenvolver uma nova geração de produtos, serviços e processos capazes de gerar negócio circular.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of