Está aberto o novo período de candidaturas para o programa de aceleração de quatro meses promovido pela aceleradora europeia para startups de impacto Maze X, apoiada pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Concebida e iniciada pela Fundação Calouste Gulbenkian, Fundações Edmond de Rothschild e a Maze, tendo a PLMJ Sociedade de Advogados e o banco BNP Paribas como membros corporativos, são ainda parceiros da Maze X o Hospital da Luz Learning Health e Casa do Impacto.

Com esta iniciativa, a Maze X propõe-se trabalhar com as dez startups selecionadas e tranformá-las em negócios do futuro, à semelhança do que ocorreu com a última edição que terminiu em setembro de 2020 e cujos resultados demos conta aqui.

Este programa de aceleração disponibiliza, aos empreendedores empenhados na resolução de problemas sociais e ambientais, acesso a capital, competências e network, bem como a oportunidade de testarem os seus produtos ou serviços com empresas parceiras que atuam como plataformas de teste, permitindo-lhes receber um valioso feedback dos clientes e do mercado.

As candidaturas estão abertas até dia 21 de dezembro.

Um apoio feito à medida

O programa oferece um apoio customizado, na medida em que cada startup enfrenta desafios específicos à sua indústria e à fase de negócio em que se encontra.
Tim Breker, cofundador da empresa Vytal​, uma das 10 startups premiadas na última edição, explica que “o programa de aceleração da Maze X é especial não só pelo seu foco em impacto, mas sobretudo pela equipa sólida e inteligente sempre disponível para desafiar os nossos pressupostos a encontrar soluções customizadas a cada startup participante. A extensão da rede de contactos da Maze X é igualmente impressionante. A maior aprendizagem que tirei do programa foi clareza: procurar as soluções simples para desafios complexos como modelos financeiros e comunicação”.

Como resposta à pandemia, a equipa da Maze X transformou o programa numa experiência remota: “Esta pandemia forçou-nos a transitar para um programa online em muito pouco tempo. Sabíamos que tínhamos de desenhar um novo programa quase de raiz e fomos surpreendidos com a nossa capacidade de entregar muito mais valor aos nossos empreendedores do ponto de vista de network e crescimento” afirma Rita Casimiro, responsável de aceleração na Maze, entidade que promove a Maze X.

Com mais de 90 startups de impacto aceleradas e um fundo de capital de risco, a Maze tem o objetivo de posicionar Portugal como um centro europeu de investimento de impacto e empreendedorismo de alto crescimento.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of