Depois de terem assinado em fevereiro do ano passado um protocolo com vista à instalação de postos de carregamento, a Nissan e a Galp assinalaram agora a concretização desse acordo, que se traduz na instalação de 20 novos Pontos de Carregamento Rápido para veículos elétricos em Portugal.

A instalação destes 20 novos pontos de carregamento rápido cobre grande parte do território nacional com foco em Lisboa, Porto, Odivelas, Sintra, Leiria, Coimbra, Braga, Guimarães, Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Loures, Cascais, Almada e Seixal.

Conheça a localização destes 20 postos:

► Auto posto 8600 – comércio de combustíveis
Lugar da Regateira, Via L-3
Almada

► Galpgeste – A.S. Alfragide (Lisboa/Amadora)
E.N. 117 km 1,668
Amadora

► Santos da Cunha 6 – Logística e Transportes
Avenida João Paulo II
Braga

► Aníbal Antunes Bandeira
Av. Vale das Flores (norte)
Coimbra

► Galpgeste – A.S. Birre
Estrada da Torre
Cascais

► Galpgeste – A.S. Adelino Amaro da Costa
Estrada da Malveira – Casal Queimado
Cascais

► ControlSuper – Com. de Comb.
Circular Urbana de Guimarães – Azurém
Guimarães

► Rodrigues & Lagarto
Avenida da Comunidade Europeia
Leiria

► Galpgeste – A.S. Loures
Rua da República, 4
Loures

► A.S. Olivais
Av. de Pádua
Lisboa

► Galpgeste – A.S. Leça da Palmeira
R. Belchior Robles
Matosinhos

► Socovira – Soc. Comb. Via rápida
Via Rápida Nascente
Matosinhos

► Torres & Vaz
Via Rápida Poente
Matosinhos

► Sequeira Pinto – Com. Comb.
Loteamento do Casal do Troca – Lote 2
Odivelas

► GPAB II – posto de abastecimento unipessoal
Estrada das Varzeas
Oeiras

► Torres & Vaz
E.N. 107 km 3,600 Freixieiro – Perafita (Leça/Aeroporto)
Porto

► OptimistikPriority – combustíveis
Via Rápida Mem Martins
Sintra

► Petrolinos, sociedade de comb. sólidos e líquidos
E.N. 10, km 10,7 – Lado Esq.
Seixal

► Galpgeste – A.S. Vila Nova de Gaia norte
Via 8 – Sta. Marinha (lado rio)
Vila Nova de Gaia

► Galpgeste – A.S. Rechousa
E.N. 1 km 299 – Rechousa
Vila Nova de Gaia

“Uma parte significativa destes pontos de carregamento está já em operação e os restantes aguardam apenas a conclusão dos, infelizmente morosos, processos de aumento de potência pelo operador da rede elétrica”, aponta a Nissan.

Para além do investimento nestes postos, a Nissan alargou também a sua rede própria, disponibilizando aos seus clientes a possibilidade de carregamentos rápidos, sem custos, em 18 dos seus concessionários nacionais.

Da esquerda para a direita: Sofia Tenreiro (Galp) e Antonio Melica (Nissan Portugal)

Antonio Melica, diretor-geral da Nissan em Portugal, refere que “para acelerar o desenvolvimento da mobilidade elétrica em Portugal é fundamental expandir a rede de carregamento rápido, pelo que é com grande entusiasmo que inauguramos os postos instalados ao abrigo desta parceria e que, a par dos já instalados na nossa rede de concessionários, são representativos da nossa forte aposta nas infraestruturas de carregamento rápido e do nosso compromisso para permitir aos clientes Nissan uma mobilidade cada vez mais acessível. Assumimos o ano passado o compromisso de encontrar parceiros que nos ajudem a instalar postos de carga rápida em Portugal e encontrámos na Galp um parceiro com a mesma visão”.

Sofia Tenreiro, administradora da Galp, sublinha que “a Galp tem vindo a realizar uma forte aposta na mobilidade elétrica e no reforço da capilaridade dos pontos de carregamento. Temos vindo a assumir investimentos significativos na transição energética sabendo do papel relevante da mobilidade sustentável. O rápido crescimento da rede, onde se integra a parceria com a Nissan, é uma das faces visíveis desta aposta que inclui também a instalação de novos pontos de carregamento em centros comerciais, parques de estacionamento e empresas”.

Desconto adicional para clientes Nissan e Galp

Ao abrigo do acordo assinado entre a Nissan e a Galp, todos os clientes de automóveis elétricos Nissan passam a beneficiar de condições mais vantajosas com o cartão GalpElectric/Nissan, com um nível de desconto de 25% nos carregamentos efetuados em todos os pontos de carregamentos integrados na rede pública de carregamento (Mobi.e) e que pode ainda chegar aos 33% caso os clientes tenham um contrato de fornecimento de eletricidade para a sua casa com a Galp.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of