A propósito do Leon e-Hybrid, a Seat decidiu elaborar um guia de orientação para os utilizadores poderem aproveitar ao máximo as possibilidades e os modos de condução de um híbrido Plug-in, no dia-a-dia, consoante o tipo de viagem a fazer.

  1. Trajetos diários até 60 km: Modo-E. Os híbridos iniciam-se em modo elétrico por defeito e continuam até que a bateria esteja esgotada. Depois, sem que o condutor tenha de fazer qualquer tipo de seleção, o motor de combustão assume o controlo. Esta transição também ocorreria se o veículo necessitasse de mais energia ou se uma determinada velocidade fosse excedida. “No caso do Leon e-Hybrid, pode ser conduzido em modo elétrico até 130 km/h”, diz Gerhard Lux, responsável pelo desenvolvimento da unidade híbrida e elétrica da Seat. Gerhard Lux acrescenta ainda que “seria adequado para viagens diárias de cerca de 50 a 60 quilómetros, tanto em zonas urbanas como em autoestradas. Desta forma, o veículo funcionava sempre em modo elétrico”.

Factos e números do Leon e-Hybrid

Motor elétrico de 115 cv (85 kW)
Bateria de 13 kWh
Autonomia até 64 km em modo elétrico de acordo com o ciclo WLTP (NEDC: 72 km)
Motor a gasolina de 150 cv (110 kW)
Depósito de combustível de 40 litros
Potência combinada de 204 cv

 

  1. Viagens planeadas com mais de 60 km: Modo Híbrido Automático. Quando as viagens são planeadas e excedem a capacidade da bateria, o modo híbrido cumpre totalmente a sua função. O motor elétrico já não é predeterminado. Neste caso, é melhor definir o itinerário no navegador para que o veículo faça as suas estimativas. “Graças ao Modo Híbrido Automático, o veículo utiliza o navegador para gerir o uso da bateria. Desta forma, dará prioridade ao modo elétrico na cidade e tornar-se-á secundário em trajetos de autoestrada. O objetivo é chegar ao ponto de recarga com uma bateria esgotada”, explica Gerhard Lux. Para itinerários mais complexos com paragens intermédias, a função Intelligent Hybrid define qual o sistema a utilizar para otimizar a carga.

 

  1. Viagens “à aventura”: Modo Híbrido Manual. Como às vezes não se sabe com antecedência o percurso que será feito com o veículo, nestas situações, o Leon e-Hybrid oferece várias possibilidades. “Podemos escolher entre três opções: manter a carga estável, escolher um nível mínimo de bateria que não possa ser ultrapassado para usar quando necessário e, por fim, aumentar o nível”, diz Gerhard Lux.

[clique na imagem para ampliar]

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of