O Ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, afirmou na conferência virtual “Portugal Mobi Summit” que parte dos fundos comunitários que Portugal vai receber destinam-se ao combate às alterações climáticas.

Segundo Matos Fernandes, do “volume do dinheiro que virá para Portugal, entre 30 a 35%, é obrigatoriamente dedicado ao combate às alterações climáticas“, o equivalente a um valor situado entre os oito e os nove mil milhões euros, apontou João Pedro Matos Fernandes.

O governante falou na conferência virtual “Portugal Mobi Summit”, em Cascais, sob o tema “Mobilidade num Mundo em Mudança”.

Para se comprar, João Pedro Matos Fernandes deu a saber que no anterior quadro comunitário, “o apoio foi de 2,3 mil milhões de euros”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of