A Mobi.e está a lançar um concurso público para a seleção de até quatro empresas que irão instalar dez hubs de carregamento de veículos elétricos, numa iniciativa que pretende reforçar a infraestrutura de carregamento de acesso público em 90 postos de carregamento, num total de 410 kW disponibilizados por hub.

Cada um dos 10 hubs terá 9 postos de carregamento

1 de 150 kW

3 de 50kW

5 de 22kW

Cada hub de carregamento de veículos elétricos será constituído por um posto de carregamento ultrarrápido (150 kW), três postos de carregamento rápido (50 kW) e cinco postos de carregamento normal (22 kW), permitindo o carregamento simultâneo de 18 veículos.

Este projeto piloto, integrado no Programa de Estabilização Económica e Social do Governo, conta com o financiamento do Fundo Ambiental de 1,75 milhões de euros e vem reforçar a infraestrutura de carregamento de acesso público.

O investimento público resulta de uma parceria que irá abranger municípios de norte a sul do país.

Prazo para entrega de propostas até 6 de novembro

“Aos municípios cabe a tarefa de selecionarem, disponibilizarem e licenciarem o espaço de instalação e à Mobie, a instalação dos equipamentos de carregamento e respetivas ligações à rede elétrica”, esclarece a gestora nacional de mobilidade elétrica.

O prazo para apresentação das propostas é de 30 dias, até ao dia 6 de novembro, e estas terão de ser submetidas na plataforma eletrónica ACinGOV, utilizada pela Mobi.e. As empresas selecionadas serão, depois, convidadas a apresentar propostas para a instalação de cada um dos 10 hubs.

Luís Barroso, presidente da Mobi.e, refere que “durante o processo de instalação, será lançado um procedimento de contratação pública para a concessão da operação dos hubs, de forma a garantir que o início do seu funcionamento ocorra até ao final do primeiro semestre de 2021”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of