Autódromo Estoril onde se disputou o Troféu Prio Cup. À frente, um Audi TT convertido em elétrico

O “Oeiras Eco Rally Portugal 2020”, que se realizou de 3, 4 e 5 de outubro, fez história ao levar, pela primeira vez, uma competição de veículos elétricos ao Autódromo do Estoril.

A terceira secção do “Oeiras Eco Rally Portugal 2020”, foi, assim, a primeira prova de regularidade de carros movidos a energias alternativas disputada em circuito fechado na pista do Estoril – que voltou, deste modo, a abrir as suas portas a uma prova de um campeonato do mundo organizado pela FIA.

Realizada em parceria pelo  lassic Club de Portugal (CCP) e pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), esta prova automóvel contou com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras.

Os vencedores desta secção tiveram direito a uma classificação dedicada, cujos prémios foram atribuídos pela Prio.

Original foi também a iniciativa que permitiu rotular o evento como uma “prova de emissões Negativas de CO2”, já que todos os concorrentes plantaram uma árvore, contribuindo, assim, para a transformação de CO2 em oxigénio e promovendo, com esta ação, um evento de emissões negativas.

A plantação foi feita no Jardim Marquês de Pombal, em Oeiras.

Quem ficou no pódio

Em termos de classificação, a equipa Pedro Morais/Sílvia Coutinho, em BMW i3, foi a vencedora da terceira edição deste rally elétrico.

O segundo lugar foi atribuído aos espanhóis Txema Foronda/Pilar Rodas, em VW E-Golf. Os terceiros classificados foram a dupla franco-polaca Artur Prusak/Thierry Benchetrit, conduzindo um Opel Corsa-E.

Durante três dias, a etapa portuguesa integrada no campeonato do mundo FIA atendeu ao conjunto de duas componentes, regularidade e consumo, e contou com classificativas nas serras da Arrábida e de Sintra, passando ainda, de forma inédita, como se disse, pelo Autódromo do Estoril.

As equipas participantes tiveram de demonstrar a sua eficácia realizando a melhor gestão possível do consumo ao longo de todo o percurso e assegurar a regularidade, evitando penalizações nos distintos controlos efetuados pela organização da prova que contou com quatro secções, 12 setores seletivos e que finalizou com a disputa da “Marginal de Oeiras Power Stage”.

Destaque final para o facto de um total de 12 equipas da Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos – UVE terem participad0 nesta 3ª edição do Portugal Eco Rally.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of