A Polestar, emblema de performance elétrica do Grupo Volvo, revelou que o Precept não será apenas um mero “showcar”, mas vai mesmo ser produzido.

Este modelo foi apresentado on-line no início de 2020, representando a visão da marca para o futuro alicerçada em três áreas chave: sustentabilidade, tecnologia digital e design.

Sustentabilidade

No Precept, a utilização de compósitos na parte posterior dos bancos e nos painéis representa uma melhoria em relação aos materiais convencionais pois são 50% mais leves e reduzem em 80% os resíduos de plástico quando comparados com estes últimos.

Alguns pormenores incluem ainda a utilização de materiais reciclados: garrafas de plástico nas costuras dos bancos; rolhas nos encostos de cabeça e apoios laterais; e redes de pesca nos tapetes.

Para a conceção do interior, a Polestar trabalhou em conjunto com a Bcomp para integrar o compósito natural à base de linho, que tem sido utilizado para substituir muitos plásticos virgens.

Tecnologia digital

Do ponto de vista da tecnologia, o Precept possui uma interface digital de 15 polegadas que reconhece o condutor após a identificação, com configurações e conteúdo pessoal autenticados pela Polestar Digital Key.

O Google Assistant evoluiu com tecnologia avançada para mais idiomas, com melhor interpretação do dialeto local e experiências mais personalizadas.

Os serviços de streaming de vídeo ficarão disponíveis quando o veículo ficar estacionado ou em modo de carregamento.

Os sensores de proximidade ajustam o que é mostrado na tela, dependendo do local da mão do utilizador – o brilho e o conteúdo da tela adaptam-se de acordo com os movimentos e a necessidade de mais ou menos informação.

O monitor horizontal de 9 polegadas contém informações vitais e está vinculado ao rastreamento ocular.

O rastreamento ocular monitoriza o local para onde o condutor está a olhar e adapta a maneira como as informações são apresentadas: menores e mais detalhadas quando o motorista está focado na tela e informações maiores, mais brilhantes e vitais quando este está focado na estrada.

O Google Maps e o ADAS (Sistema Avançado de Assistência à Condução) estão integrados num sistema que permite manobras mais seguras e previsões mais precisas com base nas condições de tráfego e mostradas num gráfico combinado no visor do condutor.

Design

Em termos de design, as linhas do Precept apostam na eficiência aerodinâmica, com alguns detalhes a mereceram destaque, caso da asa dianteira, integrada ao capot, que melhora o fluxo de ar e reduz a turbulência.

Os dutos de ar por detrás das rodas dianteiras permitem ainda que o ar saia e contribuem para um fluxo mais laminar na lateral do automóvel.

Já os dutos de ar na frente e por detrás das rodas traseiras contribuem para o arrefecimento dos travões, bem como para a despressurização.

O SmartZone substitui a grelha frontal tradicional pelos elementos necessários para o Pilot Assist, incluindo unidades de radar de longo e médio alcance, sensores de ultrassom e uma câmara angular de alta definição. SmartZones adicionais dispostos em ambos os lados da cabine apresentam sensores adicionais de assistência à condução. Por seu lado, o Pod LIDAR está montado no teto, posicionado para uma melhor visibilidade.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of