Como controlar de forma biológica as pragas que prejudicam a agricultura

0
179

Atualmente a agricultura representa, de certa forma, uma ameaça para o meio ambiente e até para a saúde pública. Em grande parte, por causa do uso desmedido de substâncias químicas na prática desta atividade. Agricultores, sejam eles amadores ou até mesmo profissionais, recorrem a este tipo de produtos para controlar as pragas que prejudicam as suas plantações.

Felizmente a postura da sociedade perante as problemáticas ambientais está a mudar. E, nesse sentido, começam-se a testar alternativas biológicas para dissipar as mais variadas pragas. Essas técnicas orgânicas passam, por exemplo, pelo uso de predadores naturais em substituição dos típicos venenos. Mas esta não é a única solução “amiga do ambiente” que ajuda a resolver esta problemática do mundo da agricultura.

Os riscos inerentes ao uso de pesticidas

É do conhecimento geral que os pesticidas acarretam graves riscos para o meio ambiente. Nomeadamente por poluírem a água, o ar e sobretudo o solo. Mas o que nem toda a gente sabe é que estes produtos tóxicos também são uma grande ameaça para as abelhas. Podendo mesmo ser mortífero para esta espécie polinizadora, fundamental para a manutenção do ecossistema e reprodução de plantas alimentícias.

Os compostos dos pesticidas são também um perigo para a própria saúde pública. Principalmente para o bem-estar dos agricultores e das pessoas que consomem produtos agrícolas cultivados com recurso a esses produtos tóxicos. Para ter uma noção, algumas dessas substâncias químicas são consideradas cancerígenas.

Se mesmo assim ainda pensa que o consumo de pesticidas é algo positivo deixe-me apresentar-lhe um último argumento que prova o contrário. O uso recorrente destes produtos tóxicos aumenta a resistência das próprias pragas.

Opções biológicas como alternativa aos venenos

Os nossos antepassados apostavam na plantação de flores silvestres e erva junto dos seus campos agrícolas. Porquê? Porque desta forma conseguiam atrair os insetos predadores que se alimentam das próprias pragas. É o caso, por exemplo, das joaninhas e das vespas.

Mas existe uma desvantagem associada a esta alternativa: o facto de não eliminar completamente a presença de algumas pragas, enfraquecendo-as apenas. Por esse motivo, é importante enaltecer outras opções orgânicas. De entre as quais: o uso de calda bordalesa e de inseticidas naturais. Assim como outros métodos agroecológicos e agroflorestais.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of