O EWS – Enduro World Series-E 2020 é uma competição de BTT destinada a bicicletas elétricas. O formato da competição é semelhante ao de uma prova de Enduro tradicional, mas neste caso os veículos são bicicletas elétricas.

O título de Campeã do Mundo Enduro World Series-E 2020, que estava em disputa, é agora da equipa portuguesa Miranda Factory Team, após a vitória no fim-de-semana 19 e 20 de setembro em Pietra Ligure, Itália, a derradeira prova da temporada.

Classificação geral por equipas:

Em termos de títulos individuais, o vencedor masculino foi o francês Nicolás Vouilloz (da equipa Lapierre Zipp).

Na categoria feminina a britânica Tracy Moseley é a campeã do mundo desta modalidade elétrica que neste ano de estreia contou com duas provas, na Suíça e em Itália.

O bom desempenho que a equipa nacional tinha tido na jornada anterior, na Suiça, permitia aos atletas nacionais encararem a prova decisiva com grande expectativa
Assim, o pódio de Emanuel Pombo (2º) e José Borges (3º) no setor masculino e um 3º lugar no setor feminino através de Maaris Meier, foram suficientes para a formação Miranda Factory Team garantir o título mundial.

Esta jornada contou com um total de nove etapas – duas de subida designadas por “Power Stage” e aproximadamente 60 km de extensão.

Este resultado é histórico, pois na estreia deste Campeonato do Mundo por equipas no setor E-Bike, representa uma conquista por parte da Miranda Factory Team num ano particularmente difícil para todo o tipo de competições.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of