Pagar as contas ao final do mês não é a coisa mais divertida de se fazer, principalmente quando são valores “astronómicos”. Se se tratar da fatura da eletricidade pior ainda, verdade? Por isso mesmo hoje vamos dar-lhe alguns truques simples de como reduzir esta despesa mensal.

1. Veja que aparelhos pode desligar mais vezes da tomada

Todos nós temos em casa diversos aparelhos eletrónicos que estão permanentemente ligados às tomadas, mesmo quando não estão a ser utilizados. É o caso daquela sua televisão que fica com a luzinha vermelha ligada, mesmo quando ninguém está em casa. Pode pensar que não, mas a verdade é que os aparelhos quando estão em modo standby também estão a gerar consumo na sua fatura. Desafiamos os nossos leitores a utilizarem o simulador da EDP e a descobrirem quanta eletricidade estão a gastar desnecessariamente nas suas casas.

2. Opte por um horário em que se paga menos pelo consumo

É possível optarmos por ter horas e dias da semana específicos em que a eletricidade que consumimos é mais barata. Este serviço chama-se “opções horárias” e pode ser bastante vantajoso. Basicamente as opções horárias definem se as empresas cobram sempre o mesmo valor pelo nosso consumo ou se o preço aplicado varia consoante os horários de consumo.

Existem três opções horárias: a simples, a bi-horária ou a tri-horária. Cada opção corresponde a uma modalidade diferente de faturação do consumo de eletricidade. Tem de analisar as diferentes opções horárias e optar pela que for mais benéfica para o seu estilo de vida. A partir de aí é começar a pôr máquinas de lavar roupa e louça a funcionar só nos horários mais baratos. Assim como todas as outras atividades que representam um maior consumo energético e consequentemente mais despesa ao final do mês.

3. Aposte em lâmpadas LED

As lâmpadas LED funcionam com base na eletroluminescência, ou seja, através da emissão de luz pela passagem de energia. Graças a este processo, estas lâmpadas permitem reduzir o consumo em 80% face às lâmpadas incandescentes. Já viu o quanto pode poupar em eletricidade ao trocar as lâmpadas de sua casa por esta nova opção? É verdade que representa um investimento inicial significativo, mas a longo prazo vai compensar e muito. Além de que as lâmpadas LED são muito mais ecológicas do que as lâmpadas “tradicionais”.

4. Tenha mais cuidado com o seu frigorífico

O frigorífico é dos eletrométricos que não podemos desligar da fonte de energia. Quer isto dizer que é dos objetos que mais influência tem na sua conta da eletricidade ao final do mês. Por esse motivo o nosso conselho é: preste mais atenção ao estado do seu frigorífico e à forma como o utiliza.

Por exemplo: espere que a comida arrefeça antes de a guardar no frigorifico. O arrefecimento de alimentos dentro do frigorífico representa um maior consumo energético por parte do motor do aquecimento deste eletrodoméstico.

Tenha a porta do frigorífico aberta apenas quando é mesmo necessário. Assim evita que o eletrodoméstico tenha grandes oscilações de temperatura e livra de consumos desnecessários. Vai fazer uma grande diferença na sua fatura da eletricidade ao final do mês, acredite.

5. Ateste bem as suas máquinas de lavar

Sabia que se encher o seu tambor da máquina antes de colocar a sua máquina da roupa a lavar consegue poupar 40% no consumo deste eletrodoméstico? Pelo menos são esses os dados que a Endesa apresenta. Do nosso ponto de vista esta percentagem representa uma poupança significativa ao final do mês.

Nesse sentido, incentivamo-lo a usufruir da capacidade máxima da sua máquina de lavar, seja roupa ou louça, antes de a colocar a funcionar. Até porque além de conseguir reduzir a sua fatura da eletricidade ao final do mês, também vai ajudar ao planeta ao gastar menos água.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of