Ainda existem muitas dúvidas em relação à forma como se realizará o próximo ano letivo. Contudo, no caso de ser necessário continuar as atividades escolares a partir de casa, há instituições que se estão a preparar melhor do que outras. É o caso da Nova Information Management School (NOVA IMS), da Universidade Nova de Lisboa.

Esta instituição de ensino superior é a primeira de Portugal a ter todas as suas salas de aula equipadas com ferramentas inteligentes de ensino. Desta forma, a NOVA IMS oferece um sistema misto que viabiliza a realização de aulas presenciais e à distância.

A conversão dos espaços de aula em “smart classrooms” passa, por exemplo, pela aposta em melhores equipamentos de captação de som e imagem. Sem esquecer também os quadros interativos. Um projeto que representa um investimento superior a 300 mil euros.

Pedro Saraiva, Diretor da NOVA IMS, defende que “trata-se de um forte investimento na melhoria da qualidade e inovação pedagógica, permitindo combinar ensino presencial e online”. Do ponto de vista da instituição estas modificações são “essenciais no atual contexto de pandemia”. Até porque é necessário “repensar e reinventar os nossos modelos de ensino, garantindo a segurança de todos, sem comprometer a qualidade”, explica o diretor.

Para rematar, o profissional acrescenta que “é um investimento que responde às necessidades atuais”. Além de que “também nos prepara para as novas exigências e dinâmicas da escola do futuro”. Por esse motivo, a NOVA IMS “está orgulhosa de ser pioneira na construção deste novo paradigma de escola”, assegura.

As novas “smart classroom”

Através de um sistema de auto tracking, os professores durante toda a aula são focados e seguidos por uma câmara robotizada. Uma ferramenta apoiada por mecanismos de captação de som e ecrãs. E que, além disso, permitem a interação entre alunos e professores, seja a partir de casa ou presencialmente.

De frisar que as “smart classrooms” são igualmente apetrechadas com quadros interativos “Smart MX”. Algumas das funcionalidades deste equipamento são: o processamento autónomo de informação e comunicação. Assim como: seleção de vários dispositivos conectados e acesso a ficheiros.

Os Smart MX também integram Navegador WEB, partilha de imagem, geração de interatividade e abordagens de “gamification”. Mas mais importante ainda, oferecem espaços partilhados entre alunos presenciais e online.

Para assegurar o bom funcionamento de todos estes meios tecnológicos, a NOVA IMS reforçou a sua capacidade de banda larga para um total de 10 GB. Uma melhoria efetuada com o intuito de garantirem a transmissão integral de aulas presenciais por “streaming”, para alunos remotamente localizados. Graças a este leque de soluções conseguem-se: aulas mais interativas, zonas de trabalho colaborativo, atividades baseadas em jogos, assim como, avaliações formativas.

NOVA IMS obteve selo “COVID OUT”

O próximo ano letivo na NOVA IMS vai decorrer com base num novo sistema de aulas misto. Em termos práticos isto quer dizer que parte dos alunos vai assistir às aulas presencialmente e os restantes a partir de casa. A deslocação dos diferentes grupos até ao estabelecimento de ensino superior é alternada semanalmente. O objetivo é garantir o cumprimento da exigida distância de segurança, principalmente em espaços fechados como as salas de aula.

Graças às medidas que implementou, a NOVA IMS foi uma das primeiras instituições de ensino em Portugal a receber o selo “COVID OUT”. É o Instituto de Soldadura e Qualidade que atesta o total cumprimento de toda a regulamentação e legislação em vigor. Nomeadamente: a aplicação das melhores práticas do ponto de vista de prevenção e mitigação de riscos COVID-19. Além do desenvolvimento de planos de contingência a seguir na eventualidade de se registarem casos de infeção no recinto escolar.

Pedro Saraiva frisa que “as medidas definidas garantem que poderemos estar todos a trabalhar num ambiente de máxima segurança nas instalações da NOVA IMS”. Desta forma “protege-se a saúde de docentes, colaboradores, alunos e todos aqueles que nos queiram visitar”. O diretor da NOVA IMS garante que “estamos prontos para retomar as aulas presenciais a partir de 7 de setembro, com total segurança”. Além de que a instituição escolar encontra-se “dotada da melhor tecnologia”, o que vai permitir “fazer ainda mais e melhor, agora e na era pós-COVID”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of