Desde o arranque das vendas oficiais, a Volkswagen já comercializou mais de 37.000 exemplares do elétrico ID.3 na Europa, segundo deu conta Jürgen Stackmann, responsável de vendas da marca alemã, ao Financial Times.

Stackman esclarece que cerca de 85% das pessoas que já pagaram para reservar o ID.3 nunca tinham tido um modelo VW antes.

Por oposição, 85% das vendas na Alemanha do Golf (com motorizações a gasolina e Diesel, portanto) são de clientes repetentes ou fiéis da marca.

Dez anos mais novo

O perfil de cliente do ID.3 é cerca de dez anos mais nova do que o perfil médio dos clientes da VW, que é cerca de 58 anos na Europa, de acordo com Stackmann.

Para conhecer outros planos da VW em termos de EV, clique na imagem:

O responsável da marca adianta ainda que grande parte dos clientes do ID.3 são do sexo masculino e com ensino superior.

“Eu esperava uma maior participação feminina”, admite Stackmann, acrescentando que ficou ainda surpreendido pelo facto da maioria das reservas na Europa ter sido feita por clientes em áreas urbanas e suburbanas, em vez de regiões rurais, onde instalar pontos de carregamento em casa é geralmente mais fácil, aponta o diretor da VW.

Contudo, o facto deste modelo elétrico ter uma autonomia de aproximadamente 400 km, leva Stackmann a acreditar que venha a atrair mais clientes rurais.

Jürgen Stackmann

“Techies” e segundo carro

A maioria dos clientes do ID-3 são interessados por tecnologia, surgindo o ID.3 como o segundo veículo da família.

Relativamente às entregas do ID.3, que foram adiadas devido a problemas de software, deverão iniciar-se na Europa em setembro.

A Volkswagen estima vender de 60 a 70 mil unidades de veículos elétricos até ao final do ano e fabricar 100 mil exemplares do ID.3 e da sua derivação SUV, o futuro ID.4.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of