A PSA Aftermarket adquiriu a empresa portuguesa Amanhã Global e a sua plataforma de e-commerce (comércio eletrónico) B-Parts.com, passando a deter uma participação maioritária no capital da empresa.

A Amanhã Global é um operador de primeiro plano na economia circular e a sua plataforma B-Parts é uma referência na Europa em peças usadas para automóveis.

A aquisição deste player no setor das peças reutilizadas (“Reuse”) visa completar a estratégia de conquista da PSA Aftermarket na economia circular, sustentada pelo objetivo de triplicar o volume de negócios até 2023.

“Sendo uma aquisição amigável, a direção portuguesa da Amanhã Global, reconhecida pela sua competência e experiência, permanece integralmente nas suas funções”, esclarece a PSA.

A B-Parts, agora integrada na PSA Aftermarket, é uma empresa portuguesa, com sede no Porto, especializada no comércio de peças reutilizáveis. Com um perímetro de atuação mundial, a sua atividade comercial está implantada em quinze países, tanto dirigida a clientes B2B como a clientes B2C. Graças à união das competências da B-Parts com a enorme carteira de clientes da PSA Aftermarket, com mais de 100.000 pontos de contacto espalhados por todo o mundo, perspetiva-se uma grande evolução económica e financeira da atividade. Também está previsto o recurso sistemático a sinergias com as diversas entidades integradas no ecossistema da PSA Aftermarket.

Ganhar em eficácia e gerar novas oportunidades de negócio

Esta aquisição completa o dispositivo existente na PSA Aftermarket na área de reutilização de peças (“Reuse”), que constitui um dos três pilares da economia circular juntamente com a reparação (“Repair”) e a reconstrução (“Reman”), os “3R” desta economia em pleno desenvolvimento.

Em janeiro de 2019 foi assinado um acordo de parceria com a INDRA, líder francesa em peças de reutilização. “Estes dois dispositivos, fortemente complementares, proporcionam à PSA Aftermarket uma cobertura de mercado e um nível de especialização de referência internacional. Esta aquisição da B-Parts reforça a ambição da PSA Aftermarket de triplicar o seu volume de negócios no domínio da economia circular, entre 2018 e 2023”, aponta o grupo gaulês.

Abordagem eco-responsável

A aquisição da B-Parts inscreve-se na estratégia de alteração do modelo de negócios da PSA Aftermarket, que visa “corresponder às expectativas de todos os clientes pós-venda em todo o mundo, independentemente do seu poder de compra e da marca ou idade do seu veículo”, salienta o fabricante.

Com esta aquisição de um operador líder na economia circular, a PSA Aftermarket entende estar apta a fornecer peças de reposição para automóveis para todos os orçamentos, em mercados de todo o mundo.

Esta abordagem também contribuirá ativamente para reduzir a pegada ambiental da PSA Aftermarket e do Grupo PSA, dado que as peças reutilizáveis resultam num ganho de 100% em matéria-prima comparativamente à fabricação de peças novas.

► “A nossa estratégia consiste em ir ao encontro das expectativas de todos os clientes pós-venda, em todo o mundo, independentemente do seu poder de compra e da marca ou idade do seu veículo. Este investimento permite-nos entrar no coração da cadeia de valor das peças reutilizáveis, que constituem um dos três pilares da oferta da economia circular. Reforça também a nossa ofensiva global no sentido de liderarmos tanto nas peças de reposição standard (‘Reman’), como de reparação (‘Repair’) e de reutilização (‘Reuse’), de forma a podermos satisfazer eficazmente, e em todo o mundo, as necessidades dos clientes que buscam uma oferta de peças económica e responsável. O Groupe PSA está firmemente empenhado na redução da sua pegada de carbono, inclusivamente no que respeita à manutenção de veículos” – Christophe Musy, Vice-Presidente Sénior da PSA Aftermarket

“► A B-Parts é líder europeia em peças usadas para automóveis. A aquisição por parte da PSA constitui um acordo altamente benéfico para ambas as partes, que nos permitirá alcançar uma nova dimensão: a PSA passa a ser o primeiro construtor a tomar uma posição no mercado de peças usadas, e a B-Parts ganha uma oportunidade única para aceder à vasta rede de clientes da PSA. Este acordo fortalece o modelo de negócio da B-Parts e vai permitir-nos acelerar o nosso desenvolvimento em áreas geográficas para além do mercado europeu. Este é o nosso objetivo comum para os próximos anos” – Manuel Araújo Monteiro e Luís Sousa Vieira, Diretores Gerais da Amanhã Global

“► A B-Parts, que desde 2014 faz parte do nosso portefólio, construiu um negócio de crescimento acelerado em mercados internacionais, com metas ambiciosas, bem definidas e alcançáveis. Estamos a presenciar um momento histórico com o primeiro caso de um construtor automóvel a adquirir uma empresa cujo core business é o comércio online de peças usadas. Confirma-se a estratégia de investimento da Portugal Ventures, que privilegia a digitalização, a ambição global e a adoção de modelos de negócio inovadores, como o da economia circular. É com muito orgulho que acompanhámos a equipa liderada por Luis Sousa Vieira e Manuel Araújo Monteiro até ao Exit para o Groupe PSA” – João Pereira, Investment Director da área de Digital da Portugal Ventures

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of