Já são conhecidas as três startups vencedoras da 4ª edição do Prio Jump Start. A Automaise, MyStore-E e a EcoBean foram as escolhidas do programa internacional de empreendedorismo e vão agora desenvolver os seus pilotos em conjunto com a Prio, com o objetivo de integrar as suas soluções e produtos inovadores na cadeia de valor da empresa.

A 4ª edição do programa, organizada numa parceria entre a Prio e a imatch, um coletivo de inovação, contou ainda com cinco parceiros oficiais: Câmara Municipal de Ílhavo, Portugal Ventures, Inova Ria, Microsoft for Startups e InnoEnergy.

As três vencedoras são…

As três vencedoras foram selecionadas de um total de mais de 100 candidaturas, oriundas de mais de 10 diferentes países:

 

A Automaise é uma startup portuguesa, com sede em Braga, que desenvolve uma plataforma inovadora de Inteligência Artificial low code que automatiza tarefas e processos;

 

A Mystore-E é uma startup israelita, baseada em Telavive, que oferece uma ferramenta de gestão de retalho para ajudar retalhistas e gestores a alcançarem o seu potencial máximo;

A EcoBean é uma startup polaca, com sede em Varsóvia, que atua no setor da economia circular, com foco em dar uma segunda vida ao desperdício que é a borra do café, reconvertendo-o em energia verde e produtos de origem orgânica.

Com início em março deste ano, o Prio Jump Start enfrentou as restrições impostas pela pandemia e passou do habitual formato presencial para um formato 100% remoto.

Distribuiu-se por diversas fases, entre candidaturas, bootcamp, mentoria e apresentação final e entrou pelas casas de todos os participantes, colaboradores Prio e parceiros externos envolvidos.

“O Jump Start é o reflexo do ADN inovador da Prio e da forma como nos relacionamos com o ecossistema de startups”, destaca a Prio

10 mil euros e acompanhamento

As startups vencedoras recebem agora um valor mínimo de 10 mil euros para desenvolverem o seu piloto com a Prio, assim como acompanhamento contínuo das equipas internas de diversas áreas para realizar testes em ambiente real.

No mesmo dia da final do Jump Start, decorreu a final do programa de inovação interno da Prio, o “TOP Ideias”, em que são premiadas ideias oriundas de colaboradores de todas as empresas do grupo que acrescentem valor à Prio.

Cristina Correia, diretora de inovação da Prio, refere que “o Jump Start é o reflexo do ADN inovador da Prio e da forma como nos relacionamos com o ecossistema de startups. A nossa missão é apoiá-las, ajudando-as a desenvolver soluções e produtos que tragam valor acrescentado aos seus clientes ou consumidores, não nos limitando simplesmente a entregar dinheiro. Julgo que assim temos todas as condições para continuar a crescer e inovar, criando emprego e multiplicando o investimento em I&D – Investimento & Desenvolvimento”.

O “TOP 5” habilita-se ainda à presença na Web Summit através de uma experiência radical

Adicionalmente, a Parkofon e Plicca juntam-se às 3 startups vencedoras e terão acesso a um desafio: fazer um voo acrobático no avião da Prio – o autor do melhor loop ganha um stand Alpha no Web Summit ou 2500€ para promoção da sua startup em parceria com a Prio.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of