A Bridgestone está a colaborar com a Microsoft para desenvolver um sistema de monitorização para detetar em tempo real problemas de danos nos pneus.

Trata-se de problemas que contribuem para cerca de 30% de todos os acidentes de carro causados por falhas técnicas, de acordo com dados de 2018 do Departamento de Estatística de Transportes do Reino Unido.

De acordo com a Bridgestone, os problemas que normalmente acontecem com os pneus resumem-se em quatro pontos principais: pressão inadequada, fadiga, desgaste irregular e, por último, danos causados no contacto com lancis, buracos ou objetos na estrada.

Este novo desenvolvimento feito a meias entre Bridgestone e Microsoft complementa a informação já existente fornecida pelo TPMS (sistema de monitorização de pressão dos pneus), obrigatório em todos os carros fabricados desde 2012 e destinado a ajudar os condutores a evitar problemas de baixa pressão.

“A exceção, e a lacuna de segurança, têm sido os danos nos pneus – que geralmente não podem ser detetados sem uma inspeção manual cuidadosa e que podem ocorrer a qualquer momento. Pneus danificados podem causar acidentes. Também podem afetar de forma grave outros componentes do veículo, como causar danos às rodas e, assim, criar uma fonte adicional de perigo potencial para os condutores”, afirma a Bridgestone.

Com este novo avanço, o Sistema de Monitorização de Danos nos Pneus da Bridgestone passa a oferecer informação em tempo real dos danos.

Plataforma de Veículos Conectados da Microsoft

O sistema usa a estrutura de cloud da Plataforma de Veículos Conectados da Microsoft (MCVP) em conjunto com os dados gerados pelo sensor, do hardware já instalado, e usa algoritmos para detetar eventos que afetem a superfície e a carcaça do pneu.

O condutor pode ser imediatamente notificado do perigo e agir em conformidade para remediar a situação.

Este sistema de monitorização de danos nos pneus tem outras aplicações valiosas, segundo este fabricante de pneus.

Condições da estrada

O sistema não apenas entende quando ocorreu o dano, mas também onde. Dessa forma, permite uma visão mais ampla das condições da estrada e infraestruturas, que pode ser usada para alertar os responsáveis pelos problemas de danos na estrada, quanto à presença e localização de buracos e outros perigos.

Veículos autónomos

Os futuros veículos autónomos também poderão beneficiar deste sistema – à medida que os veículos transmitem informações sobre riscos em cada local que passam para outros nas proximidades, bem como através do armazenamento de dados na cloud.

Atualmente, o novo Sistema de Monitorização de Danos nos Pneus da Bridgestone está disponível para todas as frotas de veículos OEM – fabricantes originais do equipamento –que usam a MCVP.

Tecnologia usa a Plataforma de Veículos Conectados da Microsoft

“A parceria com a Microsoft também permite à Bridgestone desenvolver a sua solução para atender aos requisitos das frotas e dos principais parceiros OEM em todo o mundo”, acrescenta a marca de pneus.

A MCVP fornece uma plataforma horizontal conectada à cloud e em cenários digitais, sobre a qual podem ser construídas soluções direcionadas para o cliente, incluindo infotainment no veículo, navegação avançada, condução autónoma, serviços de telemática e previsão, assim como atualizações over-the-air (OTA).

A MCVP disponibiliza à Bridgestone uma infraestrutura digital que irá acelerar o fornecimento de soluções de mobilidade conectadas, através do acesso a uma infinidade de recursos da cloud do Microsoft Azure, Inteligência Artificial e Internet das Coisas (IoT).

Parceria digital para o futuro da mobilidade

Laurent Dartoux, CEO e Presidente da Bridgestone EMIA, destaca: “O digital é uma parte tão grande do que fazemos hoje na Bridgestone; é imperativo que trabalhemos com parceiros líderes do setor que possam atender às nossas necessidades hoje e no futuro. Ao criar esta parceria com a Microsoft, temos a oportunidade de levar o nosso Sistema de Monitorização de Danos nos Pneus a milhões de condutores, oferecendo-lhes maior segurança e tranquilidade.”

A Microsoft faz parceria com empresas de mobilidade para apoiar a sua transformação em fornecedores de serviços de mobilidade inteligente. Com a Microsoft Connected Vehicle Platform, a nossa missão é ajudar as empresas a acelerar a entrega de experiências de mobilidade conectadas seguras e personalizadas. Usando a MCVP, a Bridgestone criou o Sistema de Monitorização de Danos nos Pneus, que oferece uma contribuição notável para a segurança nas estradas e prova como a colaboração entre os líderes da indústria pode desbloquear novas oportunidades de negócios pela frente”, afirma a Diretora-Geral da Mobilidade do Azure e Plataforma de Veículos Conectados da Microsoft na Microsoft.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of