A mobilidade urbana está a mudar e a Seat quer ser vista como uma marca de automóveis que oferece também soluções que se adaptem às necessidades de mobilidade das cidades e dos cidadãos.

Depois de ter dado a conhecer a versão protótipo do seu motociclo elétrico (ver aqui), o construtor revelou agora a versão final do modelo, MÓ eScooter 125.

Por seu lado, a marca espanhola aumenta também a sua gama de propostas em termos de micromobilidade, já que à já existente trotinete eXS KickScooter (agora rebatizada para MÓ eKickScooter 25), passa a juntar-se uma nova versão de maior capacidade, a MÓ eKickScooter 65.

além dos automóveis, a Seat passa a ser uma marca de motos elétricas e trotinetes.

O lançamento destas soluções de mobilidade é feito sob uma nova sigla: .

A MÓ eScooter 125 é a primeira moto totalmente elétrica da Seat.

O veículo estará disponível em três pinturas mate (vermelho intenso, alumínio escuro e branco oxigénio).

Integrado na sua roda traseira está um motor elétrico de 9 kW (potência máxima), equivalente a um motociclo de 125cc, com um binário de 240 Nm que permite que esta moto elétrica urbana atinja uma velocidade máxima de até 95 km/h, e, mais importante, vá dos 0 aos 50 km/h num tempo de apenas 3,9 segundos.

A Seat MÓ eScooter 125 destaca-se também no mercado por uma dinâmica de condução muito variada: “City”, “Sport”, “Eco”, bem como a marcha atrás que facilita as manobras.

A Seat MÓ eScooter 125 permite alcançar até 125 km com uma única carga da sua bateria de iões de lítio de 5,6 kWh, o que significa que, com o uso standard, os utilizadores individuais só precisam de carregar o veículo uma vez por semana.

Mobilidade partilhada
Além dos utilizadores privados, a MÓ eScooter 125 terá ainda um modelo para empresas de mobilidade partilhada. A versão partilhada estará disponível na cor exclusiva alumínio escuro mate com decalques específicos.

Formas de carregamento

A bateria pode ser carregada nos postos de carregamento incorporados no veículo, mas também pode ser removida e ligada a uma tomada de alimentação doméstica.

“Graças a este sistema, o Seat MÓ eScooter 125 facilita a vida aos clientes de frota, uma vez que só têm de trocar as baterias para continuarem a utilizar o veículo e minimizar o tempo de inatividade”, sublinha a marca.

Este motociclo também oferece armazenamento suficiente a bordo para dois capacetes no compartimento inferior ou para um capacete e outros itens.

Seat MÓ eScooter 125 (para clientes particulares)

Motor 7 kW (potência máxima 9 kW)
Aceleração (0-50 km/h) 3,9 segundos
Binário máximo 240 Nm
Velocidade máxima 95 km/h
Capacidade de bateria 5,6 kWh
Alcance em zona urbana Até 125 km

 

E, num mundo cada vez mais digitalizado e conectado, a Seat MÓ eScooter 125 permite que os utilizadores possam acompanhar o seu veículo através de uma aplicação para smartphone que fornece informações atualizadas sobre a sua localização e o estado. A moto elétrica da Seat também terá duas portas USB para manter o telemóvel sempre carregado.

Seat MÓ eKickScooter 65

Com a procura por mobilidade de última milha a crescer à medida que as cidades colapsam e as ruas se tornam cada vez mais difíceis de percorrer, a Seat avança com a MÓ eKickScooter 65, disponível com uma pintura mate única em vermelho intenso.

A MÓ eKickScooter 65 tem uma bateria de 551 Wh (a MÓ eKickScooter 25 possui 187 Wh), o que permite ter uma autonomia de até 65 km (a MÓ eKickScooter 25 tem um alcance de até 25 km).

A sua velocidade máxima é de 20 km/h.

Esta trotinete eKickScooter 65 oferece uma potência nominal de 350 W, suficiente para subir inclinações até 20°, indica o construtor.

Para uma versatilidade adicional, o modelo permite ao utilizador escolher entre três modos de condução: “Eco”, “Drive” e “Sport”.

Seat MÓ eKickScooter 65  Seat MÓ eKickScooter 25 
Motor de potência nominal 350 W Motor de potência nominal 300 W
Capacidade de bateria 551 Wh Capacidade de bateria 187 Wh
Velocidade máxima 20 km/h Velocidade máxima 25 km/h
Alcance em zona urbana 65 km Alcance em zona urbana 25 km
Tempo de recarga 6 horas Tempo de recarga 3,5 horas
Ângulo de subida 20 graus

 

Os pneus sem câmara e a roda traseira que integra um travão elétrico garantem um maior conforto para os passageiros.

“As luzes dianteiras e traseiras, bem como a luz do travão e o refletor lateral/traseiro aumentam a visibilidade, enquanto o travão do tambor dianteiro e o travão elétrico traseiro melhoram a segurança”, sublinha a marca espanhola.

“Com modelos de mobilidade em constante mudança e evolução, a Seat aposta em desenhar veículos que assegurem a mobilidade do futuro”, explica o fabricante.

Quando a preços para os dois novos veículos (a scooter e a MÓ eKickScooter 65), não há ainda indicação. Para referência, diga-se que a outra trotinete da Seat, a eXS KickScooter (agora rebatizada para MÓ eKickScooter 25) custa 599 euros.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of