As ONGs ambientais do Mediterrâneo, como a ANPIWWF e a WWF Espanha, estão a promover os pequenos produtores que, de uma forma sustentável, oferecem uma alternativa ao consumo de fast food. Procura-se incentivar uma atitude ética junto dos compradores para que apoiem diretamente as pequenas empresas que preservam o ambiente.

Neste espírito, até 27 de junho, a ANP|WWF (Associação Natureza Portugal | World Wide Fund) celebra o montado nacional e os seus produtores, dando destaque aos produtos deste património nacional, como os cogumelos e a bolota.

A campanha #MedFoodHeroes, a decorrer de 15 a 27 de junho e parte integrante do projeto @RootedEveryday, celebra a gastronomia rica que os países mediterrânicos como Portugal têm para oferecer e relembra que as frutas, legumes, leguminosas, azeite ou outros recursos como a bolota e os cogumelos possuem um elevado valor nutricional, ajudam a combater doenças e fortalecem o nosso sistema imunitário, tão crucial nestes tempos.

A campanha #MedFoodHeroes visa procurar os “heróis locais que criem receitas a partir de produtos locais, autóctones e frescos, apoiando produtores e empresas sustentáveis e promovendo uma alimentação saudável”, segundo a iniciativa.

A justificação é dada pelos promotores da iniciativa: “Neste momento, a biodiversidade dos nossos ecossistemas, a par com as alterações climáticas, constituem desafios prioritários. A sobrevivência do nosso mundo depende da ação urgente de indivíduos, empresas e governos. E há uma forma fácil de todos fazermos a nossa parte para proteger o planeta: escolhendo alimentos de boa qualidade, de produtores locais sustentáveis”.

Segundo a ANP|WWF, a pandemia da COVID-19 demonstrou que as pessoas “podem mudar drasticamente a maneira como se comportam quando precisam. Esta é a hora de investir em melhores hábitos de compras e contribuir diretamente para a economia local verde, dizendo ‘Não’ à agricultura intensiva que utiliza pesticidas e que está a devastar os nossos campos e a nossa biodiversidade”.

Equilíbrio entre biodiversidade e agricultura sustentável

A campanha é apoiada por chefs do Mediterrâneo que querem ver mais alimentos sustentáveis ​​produzidos localmente e menos desperdício nas cozinhas, em casa e nos restaurantes. Um desses chefs é o português Fábio Bernardino, que compartilha as suas receitas utilizando os cogumelos e a bolota, “um produto excecional em termos nutricionais que merece voltar a ter destaque nas nossas mesas”, diz a ANP|WWF.

Áreas de enorme importância ecológica como os montados demonstram como é possível um equilíbrio entre a biodiversidade e agricultura sustentável.

Os promotores da iniciativa desafiam os amantes da comida a cozinhar ingredientes mediterrânicos sustentáveis ​​e a compartilhar as suas fotos e dicas de culinária durante o “Share A Dish Night”.

Os interessados podem participar num dos eventos on-line #MedFoodHeroes no Facebook ao vivo na sexta-feira 26 junho e Instagram ao vivo no sábado, 27 de junho de 2020 @RootedEveryday.

Sobreiro e bolota em destaque

“Na nossa agrofloresta o elemento central é a árvore e devíamos comer mais das árvores para termos abundância. O sobreiro, por exemplo, não precisa de água nem de adubo e durante 400 anos tem a capacidade de produzir muito alimento. Está adaptado ao nosso ecossistema e só temos de apanhar as bolotas do chão. Este fruto português não tem glúten e oferece-nos uma gordura saudável constituída por ácido oleico (Ómega 9). É azeite puro”, refere diz Alfredo Sendim, que administra o Montado do Freixo do Meio, uma comunidade de produtores e consumidores seguindo os princípios da agroecologia e é embaixador do #MedFoodHeroes.

A bolota é um dos recursos em destaque nesta campanha utilizada na herdade para farinha de pão, biscoitos e bolos, infusões, pastas para barrar, salsichas e até hambúrgueres. É nutricionalmente muito rica em proteínas, carbohidratos, gorduras, vitaminas, minerais, antioxidantes, fibras e sem glúten. As bolotas mais doces podem ser consumidas diretamente cruas, assadas ou cozidas.

Em #MedFoodHeroes pode conhecer as receitas e os produtos das 5 eco regiões do Mediterrâneo que integram a rede rootedeveryday.org/medfoodheroes

A campanha destaca cinco países da orla mediterrânica (Portugal, Espanha, Grécia, Marrocos e Libano).

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of