Ionity em Portugal: rede vai ter oito estações ainda este ano

Em declarações ao Watts On, o porta-voz da Ionity afirma que até ao final deste ano, a rede de postos ultra-rápidos pode, finalmente, ser realidade em Portugal.

0
2227

A rede de supercarregadores Ionity que une diferentes construtores de automóveis anuncia há muito que Portugal fará parte do seu plano de expansão.

Contudo, o tempo passa sem que nenhum destes postos de carregamento para veículos elétricos surja.

Em resposta ao Watts On, o porta-voz da Ionity, Paul Entwistle, apesar de afirmar que, de momento, não tem muitas informações para dar, sempre adiantou que o “objetivo da Ionity para Portugal é ter 8 estações na principal rede de rodovias portuguesas, em construção ou em operação, antes do final de 2020”.

No mercado português, a Ionity está a trabalhar com a Cepsa e Paul Entwistle afirma que a Ionity está também a procurar estabelecer-se como um operador de ponto de carregamento com outro parceiro.

Paul Entwistle preferiu não fornecer mais detalhes, por enquanto.

Por seu lado, a Cepsa confirmou ao Watts On que, “apesar do atraso provocado pela pandemia, mantemos o objetivo de construir 8 carregadores ainda este ano nas principais autoestradas portuguesas sendo que as primeiras localizações ainda não estão totalmente definidas porque as negociações com as concessionárias das autoestradas não estão finalizadas”.

A Cepsa acrescenta que se encontra “a analisar um conjunto de postos de abastecimento e áreas de serviço da Cepsa em Portugal com determinadas caraterísticas ideais que permitam uma cobertura nacional da rede de carregadores ultra rápidos da Ionity”.

Aproveitámos uma recente apresentação online da Hyundai, a propósito do lançamento da sua Blue Academy, para perguntar por desenvolvimentos da rede ultra-rápida. O representante nacional da marca diz ainda não ter previsão para quando os postos estarão disponíveis em Portugal, reafirmando aquilo que já tinha sido dito em setembro de 2019, de que “a partir de 2021 as viaturas elétricas da Hyundai serão equipadas com sistemas de carregamento de 800 volts para serem compatíveis com a potência máxima de carregamento do Ionity, de 350 kW”. Nessa circunstância, a Hyundai diz que “os clientes poderão utilizar as instalações High-Power Charging (HPC) da Ionity, que estão equipadas com opções de pagamento digital, para reduzir significativamente os tempos de carregamento e facilitar as viagens de longa distância”.

Ultracapacidade de até 350 kW

A rede Ionity é uma joint-venture entre o Grupo BMW, Ford, Mercedes-Benz, Volkswagen, Audi e Porsche, à qual se juntou, em setembro do ano passado, o Grupo Hyundai.

Os pontos de carga da Ionity têm uma ultracapacidade de até 350 kW, superior até aos Superchargers da Tesla (cujas versões V3 têm uma arquitetura de carregamento de 250 kW, ao passo que os V2 trabalham com 150 kW).

Na prática e tomando como exemplo um Ford Mustang Mach-E, será possível conduzir até 93 km após um carregamento de apenas 10 minutos,
usando uma estação de carregamento Ionity.

Embora Portugal esteja continuamente no plano (e no discurso) de expansão da Ionity, o facto é que ainda não tem nenhuma destas estações.

Espanha tem postos Ionity

A vizinha Espanha, por exemplo, tem dois pontos Ionity: em Pallejá, arredores de Barcelona, e Puerto Lumbreras, comunidade autónoma de Múrcia.

Além destes, estão em construção outros três pontos: em El Hidalgo – a 200 km de Madrid –, Ariza Norte, perto de Saragoça, e Vila Sana, perto de Lérida.

No Watts On continuaremos atentos aos desenvolvimentos que surgirem a respeito da presença desta rede de carregamento em solo português.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of