A Seat estabeleceu o objetivo de, em 2025, reduzir a sua pegada ambiental derivada da produção em 50% em relação a 2010.

A cerca de cinco anos desse calendário ser atingido, a marca espanhola indica já ter conseguido reduzir os seus cinco principais indicadores de impacto ambiental em 43%, os quais incluem o consumo de energia e água, a produção de resíduos, os compostos orgânicos voláteis e o CO2 da produção.

Face a 2010, o construtor espanhol diminuiu o seu consumo de energia e água em 26% e 32%, respetivamente, melhorou a gestão de resíduos em 58% e reduziu as emissões de compostos orgânicos voláteis em 23%. Além disso, baixou em 65% a emissão de CO2 da produção para a atmosfera.

Menos 38,5% de resíduos num ano

Durante 2019, a empresa concentrou-se em promover medidas para produzir menos resíduos e tratar de forma mais eficiente todos os resíduos gerados. Para tal, foram ativadas diferentes iniciativas ao longo da fase de produção com uma visão integral, desde a minimização da produção de resíduos até à sua posterior reciclagem e reavaliação.

Como resultado, a Seat diminuiu os seus resíduos em 38,5% num único ano, atingindo uma redução de 58% desde 2010 e reduziu em 2 kg por veículo produzido os resíduos destinados a eliminação.

Entre as medidas aplicadas em 2019 ligadas aos resíduos, destaca-se a redução na fonte das embalagens dos produtos e da massa destinada a eliminação, a melhoria da segregação e tratamento de resíduos para garantir a sua valorização, bem como a substituição da utilização de garrafas de plástico por garrafas reutilizáveis, que a empresa distribuiu aos seus colaboradores para ajudar a eliminar 22 toneladas de plástico por ano.

Projetos para reduzir as emissões de CO2

Em 2019, em termos de projetos ativados para reduzir as emissões de CO2, realce para os ligados à eficiência energética, como o plano de recuperação energética dos fornos de pintura, que permite uma poupança anual de 11,7 GWh no consumo de gás natural, o equivalente às necessidades de cerca de 2.400 casas espanholas num ano inteiro. Graças a este plano, já não são emitidas 2.400 toneladas de CO2 por ano.

A oficina de pintura também implementou com sucesso várias iniciativas de poupança, incluindo a reutilização da água utilizada para pintar os veículos. Uma vez separada e limpa, é devolvida ao processo em circuito totalmente fechado.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of