A Prio está empenhada na promoção da mobilidade elétrica. Para além dos investimentos que os automobilistas conseguem perceber de uma forma mais palpável, como são o caso dos postos de carregamento que são disponibilizados, a empresa desenvolve uma atividade menos visível, mas relevante, de formação também na área da mobilidade elétrica.

Tendo em conta que a mão-de-obra qualificada será uma ameaça ao desenvolvimento da mobilidade elétrica em Portugal, a Prio assinou cinco protocolos com Politécnicos nacionais para criar um “Prio Lab” em cada um deles.

Esses Politécnicos são os de Porto, Coimbra, Leiria, Lisboa e Setúbal.

O objetivo da criação do “Prio Lab” é apostar no contacto próximo dos estudantes com as tecnologias da mobilidade elétrica, dotando-os das competências necessárias para que possam contribuir para a otimização desses produtos e serviços, fomentando a inovação e unindo forças entre as instituições de ensino e a indústria.

Através dos protocolos celebrados com as referidas instituições de ensino politécnico, os alunos terão a possibilidade de conhecer e trabalhar com carregadores slow e fast charge, baterias, meios de medição, entre outras ferramentas, para uma aprendizagem em toda a linha que lhes permita reunir o conhecimento necessário para manusear todos os aspetos base da mobilidade elétrica quando entrarem no mercado de trabalho.

Espera-se que, por ano, seja possível impactar a formação de cerca de 450 alunos.

A título de exemplo, refira-se que, em Leiria, o protocolo prevê a realização de trabalhos de licenciatura ou de mestrado por estudantes do Politécnico, em temas de interesse comum; elaboração de propostas de programas de Investigação e Desenvolvimento conjuntos; acesso a serviços prestados pelos laboratórios do Politécnico de Leiria à Prio; cedência de equipamentos da Prio para reequipamento dos laboratórios do Politécnico de Leiria; visitas de estudo às instalações da Prio; e a participação da Prio premiação de mérito dos melhores estudantes dos cursos de interesse para a empresa.

No caso do “Prio Lab” de Leiria, ficará alojado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico de Leiria (Foto: Instituto Politécnico de Leiria)

Está igualmente prevista a integração no mercado de trabalho de profissionais formados no Politécnico de Leiria, através de estágios curriculares e/ou profissionais, com o respetivo acompanhamento por parte dos quadros da Prio; assim como o aproveitamento da aprendizagem prática dos quadros da Prio para a dinamização de seminários e workshops direcionados a estudantes e clientes.

Outro caso: em Setúbal, como parte da criação do “Prio Lab”, a companhia doou ao Instituto Politécnico pack’s de baterias de tração de várias marcas e modelos, carregador semirrápido AC, contadores inteligentes e outros instrumentos de apoio diverso.

Os laboratórios na área da mobilidade elétrica são designados por PRIO Lab.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of