O ABANCA anunciou que irá desenvolver a sua atividade de investimento nos segmentos de serviços e produtos de investimento e seguros de acordo com os critérios ambientais, sociais e de governance das sociedades (ESG, na sigla anglo-saxónica), após ter assinado os Princípios de Investimento Responsável da PRI Association, um organismo independente que impulsiona o investimento responsável.

O ABANCA é o primeiro banco na Península Ibérica a aderir a estes princípios promovidos e apoiados pela ONU através da Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP FI) e do Pacto Mundial.

O grupo ABANCA subscreveu os princípios em duas categorias:

► o ABANCA Corporación Bancaria, que exerce a atividade financeira através da sua administração geral de mercado de capitais, gestão e distribuição na unidade de gestão de investimentos (investment manager);

► e o ABANCA Seguros, através do qual o grupo atua no segmento de seguros, como proprietário de ativos (asset owner).

Inicialmente, o ABANCA indica que irá concentrar os seus esforços na aplicação dos princípios ao seu trabalho de investimento nos segmentos de negócio de fundos de investimento, planos de pensão, gestão discricionária de carteiras e seguros. Numa fase posterior, o banco estenderá a sua aplicabilidade a outras atividades.

A adesão aos Princípios do Investimento Responsável levou o ABANCA a elaborar uma política de investimento sustentável que se integra no seu modelo de investimento, chamado Alpha360, que permite a inclusão de critérios ESG nos diferentes processos de análise e gestão por parte da direção de investimentos do banco.

O banco já tinha adeiro, em setembro de 2019, aos Princípios do Banco Responsável (como signatário fundador) e ao Compromisso Coletivo para a Ação Climática, instrumentos nascidos da Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP FI).

Anteriormente, o ABANCA já tinha sido integrado a Rede Espanhola do Pacto Global e incorporado na sua atividade e modelos de gestão os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Meio ambiente, governance e sociedade

Ao assumir os Princípios do Investimento Responsável, o ABANCA compromete-se a aplicar os critérios ambientais, sociais e de governo das sociedades na análise de investimentos e nos processos de tomada de decisão. Além disso, a entidade irá reportar as ações que desenvolve para implementar os Princípios na sua atividade e modelo organizacional.

No momento de avaliar possíveis investimentos, a adoção dos Princípios de Investimento Responsável envolve a atenção as questões ambientais, como alterações climáticas, emissões poluentes e esgotamento de recursos.

Em relação aos critérios sociais, os princípios estabelecem que a análise de possíveis investimentos levará em consideração as condições de trabalho das empresas candidatas, o respeito pelas comunidades locais e indígenas, a saúde e segurança, as relações com os colaboradores e a diversidade.

No âmbito do bom governo, as equipas de análise do ABANCA irão considerar questões como a política de remuneração de executivos das empresas analisadas, as suas práticas para evitar a corrupção nos negócios, a diversidade e a estrutura dos seus conselhos de administração e a sua estratégia fiscal.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of