A Gogoro é um jovem fabricante de scooters elétricas de Taiwan que acaba de apresentar a sua primeira bicicleta elétrica.

A Eeyo 1 salienta-se pelo seu reduzido peso, tendo 12,5 kg, o que facilita o seu transporte.

O segredo para conseguir atingir esse baixo peso está no facto desta e-bike possuir uma estrutura totalmente de carbono.

Em termos mecânicos, em vez de alojar a bateria na estrutura ou de inseri-la num dos tubos, a Gogoro optou por colocar a bateria na roda traseira (solução que o construtor apelida de Smartwheel), junto com o motor elétrico de 250 W e alguns sensores.

A bateria embutida no Smartwheel tem capacidade de 123 Wh e 43.6-volt, garantindo um alcance de quase 65 km no modo Sport e uma autonomia de cerca de 88 km no modo Eco.

São necessárias duas horas e meia para uma carga completa da bateria.

A velocidade máxima está limitada a 25 km/h para os mercados europeus.

Um sensor de binário no Smartwheel mede constantemente o esforço que o ciclista está a exercer no pedal, enviando energia da bateria para o motor para auxiliar a condução, de acordo com o modo (Eco ou Sport) que estiver selecionado.

A bicicleta Eeyo 1 não possui um computador incorporado, pelo que o bloqueio/desbloqueio da viatura, bem como a sincronização com os dados da bateria e da viagem têm de ser feitos por intermédio de um smartphone com a App Eeyo emparelhada.

O fabricante está a disponibilizar na fase de lançamento duas versões:
Eeyo 1 (com 12,5 kg) e Eeyo 1s (de 11,9 kg).

Nos EUA, onde a Gogoro lançará em julho estas duas bicicletas, estas e-bikes irão custar 3899 dólares para a Eeyo 1 (cerca de 3500 euros) e 4599 dólares para a Eeyo 1s (cerca de 4130 euros).

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of