Um dos modelos mais icónicos da Alfa Romeo é, ainda hoje, o Giulia GT Júnior. Brevemente será lançada para o mercado uma versão modernizada e elétrica deste mesmo automóvel.

Apelidado de “Alfa Romeo Giulia GT Eletric”, este elétrico é composto por uma carroçaria feita totalmente em fibra de carbono. O principal objetivo com esta mudança foi conseguir que o automóvel ficasse mais leve do que a sua versão original.

Apesar de silencioso, este novo elétrico surpreende quando se descobrem os números a ele associados. Acima de tudo porque responde a um motor com uns impressionantes 518 cv e 940 Nm de binário. Estes números traduzem-se numa aceleração de apenas 3.4 segundos a chegar dos 0 aos 100 km/h.

Devido ao aumento da potência face à versão original, foi necessário reajustar e aumentar a rigidez estrutural do chassis deste “Alfa Romeo Giulia GT Eletric”. Em parte, isso é conseguido através da roll cage, que assume assim duas funções. Proteger os ocupantes em caso de acidente e potenciar a resistência do chassis. Tanto as suspensões traseiras multilink como o chassis do Alfa Romeo Giulia GT Eletric são em alumínio, algo que ajuda a conseguir um número simpático em cima da balança.

Como recordação dos Alfa Romeo GT 1750/2000 temos os faróis agora em LED com esquema de óticas duplo. Há, no entanto, novas luzes traseiras redondas em vez de retângulos e um distintivo “GT electric”.

 

 

Autonomia para percorrer até 322 km

O veículo é apoiado por uma bateria de iões de lítio com 50.4kWh. Desta forma os seus utilizadores ganham autonomia para percorrerem até 322 km por carregamento.

Esta bateria pesa apenas 350 kg e é dotada de refrigeração líquida. Segundo declarações da fábrica italiana Totem Automobili, a peça foi desenhada de raiz especialmente para o Alfa Romeo Giulia GT Eletric.

A Totem Automobili implementou também neste modelo uma unidade eletrónica de controlo com três configurações de eficiência: D (Dynamic), N (Natural) e A (Advanced).

O carro está equipado com: ar condicionado, janelas elétricas e sistema keyless. Além disso, é dotado de um sistema de informação e lazer cujo design nos remete para os rádios dos carros antigos. Através deste é possível, por exemplo, fazer conexões Bluetooth. O interior é igualmente composto por bancos em couro com acabamentos feitos à mão.

Outros elementos a destacar no Alfa Romeo Giulia GT Eletric são: o painel de controlo digital e os vidros frontais e dianteiros aquecidos. Podemos também adiantar que estas duas janelas mantêm o seu design muito semelhante às do Giulia GT Júnior. Já as janelas de refrigeração sofreram algumas alterações: substituíram-se as janelas em formato borboleta por janelas fixas.

Será que ainda falta muito para este Alfa Romeo Giulia GT Eletric ir para as estradas mostrar o que vale? A apresentação oficial estava programada para o Goodwood Festival of Speed de 2020 que, infelizmente, acabou por não se realizar.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of