A atualização remota dos softwares dos veículos já não é novidade. Praticamente todas as marcas adotaram este procedimento com os seus produtos de nova geração, na linha do que sucede com as App dos smartphones ou com os sistemas operativos dos computadores.

A propósito do Mustang Mach-E, a Ford dá mais alguns detalhes sobre como se processará este género de atualizações “over-the-air” neste seu SUV elétrico.

No caso da Ford, a marca diz ter desenvolvido uma plataforma que permite atualizações seguras para o download em background, e em muitos casos, ativá-los em menos de dois minutos.

“A experiência do cliente no primeiro dia é apenas o começo – a experiência evoluirá e acrescentará novas características e capacidades ao longo do tempo,” diz John Vangelov, responsável pelos serviços de conectividade do construtor americano.

“O nosso inteligente sistema de ‘updates’ diminui o tempo em que o sistema não está disponível através de uma ativação rápida e ajuda a assegurar que o seu Mustang Mach-E ficará cada vez melhor, mesmo enquanto dorme” – John Vangelov (Ford)

Estas melhorias vão além das atualizações SYNC da Ford. Praticamente todos os módulos do computador Mach-E podem ser atualizados sem cabos, o que significa que a marca pode oferecer melhorias de performance e aplicar características completamente novas que possam ainda nem existir quando o veículo é inicialmente entregue ao comprador.

Invisível para o dono do veículo

Algumas instalações serão virtualmente invisíveis para o dono do veículo, que pode selecionar um horário – como durante a madrugada – para atualizar, enquanto o Mach-E estiver estacionado.

Muitas atualizações serão ativadas quase instantaneamente após o veículo ser ligado, enquanto surgem alertas que indicarão que foram instaladas melhorias.

A maioria desses “updates” podem ser ativados em menos de dois minutos, enquanto os mais complexos, que requerem que o veículo esteja estacionado mais tempo, podem ser agendados para quando se considerar mais conveniente.

Após seis meses

A Ford espera entregar as primeiras atualizações nos primeiros seis meses após serem entregues os primeiros Mustang Mach-E aos compradores.

Os clientes irão receber notificações detalhando quando os “updates” de software estão disponíveis, o que pode ocorrer através de ligação Wi-Fi ou por pacote de dados, dependendo da atualização.

Pandemia mudou método de trabalho

A Ford revela ainda que a crise provocada pela pandemia e a necessidade de trabalhar desde casa levou a que os engenheiros alterassem o seu método de trabalho para afinar e testar esta plataforma “over-the-air”, sem estarem fisicamente juntos no mesmo espaço.

A equipa aplicou um acesso remoto a todos os módulos do veículo, conectando-os com ferramentas que permitiram reprogramar módulos a partir do conforto das suas casas.

Refere a marca que o que inicialmente levou cinco horas a programar remotamente, pode agora ser feito em menos de 10 minutos. “Implementando rapidamente o acesso remoto aos componentes do nosso veículo, estamos a oferecer flexibilidade para que a nossa equipa continue a trabalhar”, refere Vangelov.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of