As lojas Continente passaram a usar novos sacos para guardar o peixe, o “Sea Wrap”, algo como “embrulho do mar”. Trata-se de um saco de peixaria feito de papel, 100% reciclável, revestido no interior por uma camada fina de polietileno, que evita o derrame de líquidos e garante a total conservação do produto.

Estes sacos permitirão eliminar mais de 40% do plástico gasto por ano nos sacos da peixaria, evitando a utilização de 70 toneladas do material, refere a Sonae, dona da rede Continente.

O Continente assumiu o compromisso de antecipar para 2025 a ambição definida pela União Europeia para 2030 de reduzir (ou mesmo eliminar quando possível) a utilização de materiais de plástico de origem fóssil, no que diz respeito aos produtos de marca própria, assegurando que todos têm embalagens reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis.

Após retirar o peixe do saco, o cliente vai poder separar os dois materiais da embalagem (papel e plástico), destacando na parte de trás a zona assinalada. A própria embalagem tem essa indicação: o plástico deverá ser colocado no contentor amarelo e o papel deverá ser colocado no contentor azul.

Pedro Lago, diretor de projetos de sustentabilidade da Sonae MC, refere que com esta solução, as lojas Continente vão “poupar mais 70 toneladas de plástico por ano e contribuir para aumentar as taxas de reciclabilidade no país”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of