A STCP (Sociedade de Transportes Coletivos do Porto) vai implementar uma alteração na operação regular de serviço público, com uma nova modalidade de horários e frequências de viagens.

Explica a STCP que nesta fase de mitigação e de disseminação não controlada na comunidade do COVID-19, “impõem-se ações de prevenção que permitam a todos continuar a lutar contra esta pandemia até que seja possível o regresso à normalidade; muitos na linha da frente, a trabalhar, os restantes, em casa, em distanciamento social”.

Devido ao coronavírus, a STCP recomenda que as viagens de autocarro aconteçam somente por necessidade extrema, fazendo um apelo ao bom senso dos seus passageiros, convidando-os a serem, também eles, agentes ativos de saúde pública e agirem de forma cuidada e responsável, protegendo-se a si e aos outros.

Assim, a STCP vai pôr em prática novas medidas adicionais de prevenção que passam pela intensificação de ações de higienização e desinfeção das viaturas, ao longo do dia, de modo a reduzir os potenciais riscos de contaminação.

Para isso, cada motorista irá utilizar sempre uma viatura, devidamente limpa e desinfetada, com ponto de partida de uma das estações de recolha da empresa.

No final do respetivo serviço, regressa ao local de origem, onde os autocarros irão passar por um novo momento de desinfeção antes de serem atribuídos a um outro motorista e a novas viagens.

Este conjunto de medidas, a ser acionado pela STCP a partir da próxima semana, vai permitir assegurar o serviço de transporte público com uma menor probabilidade de exposição ao vírus COVID-19 (Coronavírus) por parte de passageiros e motoristas.

Horário de Contingência a partir de 6 de abril

É neste contexto que, a partir de 6 de abril, passa a vigorar o denominado “Horário de Contingência”, em toda a rede, uma medida preventiva adicional que visa assegurar o serviço público contínuo e o reforço da segurança dos motoristas e passageiros da operadora.

Onde consultar os horários?

Dadas as múltiplas variações, a consulta do horário de cada linha deve ser feita no site da empresa – www.stcp.pt – e escolher o separador “Horário de Contingência”. Mais informações através da linhaazul@stcp.pt. Os horários também podem ser consultados em tempo real, na app move-me amp ou através do serviço SMSBUS.

Em função disso, a empresa redesenhou uma nova oferta respeitante às 70 linhas da rede STCP, “suportando-se sempre que possível nas diferentes modalidades de horários existentes, bem como nas observações dos níveis de procura que têm vindo a ser realizadas”, declara a empresa.

“O novo ‘Horário de Contingência’ continua a garantir a mobilidade nos seis concelhos nos quais a STCP opera, com ajustes diferenciados de oferta consoante as linhas, assumindo no global da rede uma redução média no número de viagens aos dias úteis de 35%”, de acordo com a transportadora.

Isto significa que a STCP está a oferecer, em média, 65% das viagens de um dia útil normal. Com estes níveis de oferta, que são diferenciados por linha, a empresa espera respeitar a lotação máxima de segurança em cada viagem (um terço da capacidade), bem como assegurar o máximo cumprimento de horários.

  • redução da oferta em 24 linhas, para o horário “domingo” aos dias úteis, face à redução drástica da procura (ZR, 201, 202, 204, 206, 208, 304, 400, 401, 402, 501, 502, 503, 504, 505, 506, 507, 508, 601, 604, 805, 806, 902 e 904);
  • Linhas da Rede da Madrugada (11 linhas) e Linha ZF mantêm o horário habitual dos dias úteis;
  • Linhas ZM, 207, 302, 303, 603, 804 e 907 assumem um horário especial para esta altura;
  • Manutenção da atual oferta nas restantes linhas (que praticam horários de “sábado” nos dias úteis).

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of