Finerge alarga negócio renovável com quatro parques solares em Portugal

0
747

O produtor de energia renovável Finerge chegou a acordo com a Glenmont Partners para a aquisição de quatro parques solares, um investimento que marca a entrada da empresa neste negócio, em Portugal.

Deste modo, depois do investimento em Espanha, onde adquiriu seis centrais fotovoltaicas (ver notícia aqui), a Finerge avança, desta forma, para o reforço da sua posição no solar, agora em Portugal.

“Sempre foi a nossa estratégia diversificar o portefólio em Portugal. Esta transação já vinha sendo preparada há algum tempo e, apesar da difícil situação que o país e o mundo atravessam, entendemos manter a aposta. Nesse sentido esta é também uma mensagem de confiança”, sublinha Pedro Norton. O CEO da Finerge reforça que “o objetivo é continuar a fazer investimentos que aportem valor à empresa e aos seus acionistas”.

Com esta aquisição em solo português, a Finerge também expande a sua atuação geográfica, uma vez que a sua presença estava sobretudo no norte e no interior do país.

Isto porque os novos quatro parques estão localizados em Santarém (um), em Setúbal (um) e em Loulé (dois).

No conjunto, os quatro parques solares têm uma produção anual de 29,8 MW, gerando uma faturação de 13 milhões de euros.

Com este investimento, a Finerge passa a ter um total de 45 parques eólicos e dez centrais solares fotovoltaicas na Península Ibérica (os mencionados quatro parques solares em Portugal e seis em Espanha), com uma capacidade total instalada de 1,079 MW.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of