Há uns tempos a Sociedade Ponto Verde (SPV) divulgou dados que apontam para um aumento em 11% na reciclagem em Portugal durante o último ano, face ao mesmo período de 2018. 

Ainda continua a existir uma larga margem de manobra para se aumentar a quantidade de pessoas que recicla e para se melhorar os conhecimentos da sociedade acerca deste tema. É baseado nesta crença que surge o “Manifesto da Reciclagem”. 

O projeto levado a cabo pela entidade tem como principais objetivos alertar os portugueses para a importância de fazer da separação de resíduos um hábito quotidiano da sociedade. Segundo o grupo, “é uma prática que permite reciclar diariamente tantas embalagens de papel e cartão como o peso de dois foguetões”. 

Questões como “que embalagens de vidro são colocadas no vidrão?”, são alguns dos pontos que a SPV esclarece através de mensagens simples e de uma série de 14 vídeos. 

Para além disso o grupo aproveita a iniciativa para desmitificar algumas crenças menos corretas e dar algumas dicas úteis para todos nós. 

Continua sem perceber muito bem como no que consiste o tão falado processo de reciclagem? Pois bem, fique a saber que o “Manifesto da Reciclagem” servirá também para esclarecer este tipo de dúvidas e frisar a ideia de que “na reciclagem não há misturas, só separação”.

As ambições da Sociedade Ponto Verde

Teresa Cortes, gestora de Marketing e comunicação da SPV, fez questão de sublinhar que a entidade “procura sempre novas formas de levar os portugueses a reciclar mais e melhor”. 

A profissional referiu também que a SPV ambiciona “que o hábito de reciclagem se torne uma rotina”, até porque o grupo considera que esta é uma atividade “que deve ser encarada como uma missão de todos nós em qualquer que seja a esfera em que estejamos inseridos”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of