A empresa de carsharing DriveNow está a informar os clientes portugueses de que as suas operações estão suspensas, com efeitos imediatos.

Numa comunicação dirigida por mail aos subscritores do serviço, a empresa diz que a “operação da DriveNow em Lisboa foi hoje [ontem, n.d.r.] interrompida”.

Ainda na mesma newsletter é referido que “esta situação surge no âmbito do relançamento da Share Now (fusão dos serviços car2go e DriveNow)”, mas nada mais é dito quanto a um possível reativar dos serviços.

Quando se tenta aceder ao site da empresa é disparada uma janela em que se lamenta a descontinuidade das operações Lisboa:

A DriveNow (Grupo BMW) e a car2go (Daimler) fundiram-se para criar a Share Now, a “joint venture” de carsharing. A empresa apresentava uma tarifa desde 29 cêntimos por minuto no aluguer das suas viaturas.

O Watts On contactou fonte ligada à empresa, sem, todavia, ter obtido mais esclarecimentos do que os que foram enviados aos clientes.

Ainda no comunicado difundido, é recordado que a Share Now encerrou recentemente a sua atividade na América do Norte (EUA e Canadá) e em algumas cidades da Europa, nomeadamente, Londres, Bruxelas, Florença e Helsínquia.

Devolução de saldo a clientes

“Esta não é uma comunicação feita de ânimo leve e lamentamos ter que fazê-la. Lamentamos igualmente por qualquer inconveniência causada”, lê-se na newsletter enviada pela Via Verde Carsharing.

De acordo com a informação veiculada, será feita a devolução automática aos clientes que tiverem ainda saldo de minutos.

Não se sabe, em rigor, neste momento, se esta é uma pausa na atividade para que prossiga como Share Now ou se representa mesmo o fim da atividade, pura e simples, em Portugal.

Esperança de continuidade

Daquilo que se diz tanto na versão portuguesa, como na versão internacional do site da empresa, depreende-se que deva haver uma continuidade. Contudo, a empresa ainda não esclareceu esse cenário.

O site internacional da DriveNow, que também refere que a App foi descontinuada no nosso país, deixa, assim, no ar a esperança de que haja uma continuidade do negócio: “Não fique triste, estamos à sua espera em Share Now. Iremos notificá-lo quando for possível fazer login em Share Now com o seu e-mail e password do DriveNow. Feito o login, pode começar a conduzir de novo e imediatamente. Se tiver crédito disponível em DriveNow, poderá transferi-los facilmente para o Share Now. Basta baixar a App Share Now”, é a mensagem.

Também noutra zona no site português é dito que “a partir de 3 de março, mudaremos todos os carros do DriveNow em Lisboa, para o aplicativo Share Now. Durante esse período, o aplicativo DriveNow não pode mais ser usado. Em 3 de março de 2020, poderá fazer o download do aplicativo Share Now fazendo login com seu e-mail e senha do DriveNow. As informações da sua conta permanecerão as mesmas e o crédito do DriveNow será transferido para o novo aplicativo. Estamos ansiosos para conhecê-lo no novo aplicativo Share Now!”

Garantido é que a notícia surpreendeu o mercado, tanto mais que a empresa estava a reforçar a sua frota de elétricos BMW i3 no mercado português.

Aguarda-se, por isso, por próximos desenvolvimentos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of