A Fiat acabou de anunciar o novo 500e, um automóvel elétrico muito esperado na Europa.

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) produziu em pequena escala o 500 elétrico, comercializado em apenas dois estados norte-americanos: a Califórnia e o Oregon. Alguns desses exemplares foram depois exportados particularmente para outros países.

Aproveitando a renovação do seu best-seller, a Fiat fez o pleno ao revelar o novo 500e ao mesmo tempo.

A terceira geração do 500 será um pouco maior e mais refinada. Mas o destaque vai realmente para a versão elétrica. O 500e tem uma bateria com capacidade total de 42 kWh, superior à anunciada para o Mini (32,6 kWh) e o Honda e (30 kWh), dois dos seus concorrentes diretos.

Alcance de referência para citadino

A capacidade da bateria permite ao 500e apontar a 320 quilómetros de alcance com uma carga completa no ciclo WLTP. Trata-se de um valor muito significativo para um citadino, que implica, numa estimativa preliminar, a um consumo médio de 12,5 kWh/100 km.

Como termo de comparação, o Peugeot e-208, com uma bateria de 50 kWh (capacidade total), tem registados 310 quilómetros segundo a mesma norma.

Os modelos acima referenciados, o Honda e o Mini apontam para pouco mais de 200 quilómetros.

Opções variadas de carregamento

O 500e americano dispunha apenas de carregamento em AC. O novo 500e tem soluções muito mais variadas.

Tudo parece indicar que terá um carregador AC embarcado de 7,6 kW e aceitará em corrente contínua uma potência de 85 kW. A Fiat indica que, em meia hora recuperará 80% da carga e, em apenas cinco minutos, receberá energia suficiente para percorrer 50 quilómetros.

A versão de lançamento inclui a oferta de uma wallbox, que pode ser ligada a um sistema doméstico. A Easy Wallbox pode ser controlada por Bluetooth. Está apta também a uma atualização de potência de até 7,4 kW, que permitirá carregar o 500e completamente em apenas seis horas.

Um modo “Guia do Evereste”

Uma das novidades interessantes é que o 500e tem três modos de condução. O Normal e o Range (que também podia ser Eco) não trazem surpresas. Neste último fica ativada a função de condução só com um pedal.

A curiosidade surge com o modo Sherpa, que optimiza todas as funções do novo 500e para “esticar” o alcance ao máximo. Limita a velocidade a 80 km/h, desativa a climatização e reduz a capacidade de aceleração. Tal pode ser útil para garantir a chegada a um destino mais longínquo, ou até mesmo para corrigir um erro de cálculo do condutor. Ou mesmo um carregador público que, afinal, não estava disponível. O modo Sherpa promete fazer a gestão necessária para chegar ao objetivo.

Potência e prestações adequadas

Quando não for necessário o modo Sherpa, o condutor pode aproveitar as capacidades do motor de 87 kW (118 cv). O novo 500e acelera até aos 50 km/h em 3,1 segundos e até aos 100 km/h em 9 segundos.

A velocidade máxima está limitada a 150 km/h.

Nível de autonomia potenciado

A Fiat promete que o novo 500e será o primeiro automóvel do segmento capaz de condução autónoma de nível 2.

Equipado com câmaras dianteiras e sensores ultra-sónicos, o 500e providencia um conjunto de sistemas de apoio à condução.

Os mais comuns serão o cruise control adaptativo e o sistema de centralização na faixa.

Já o sistema inteligente de regulação da velocidade, que reconhece e comunica os limites de velocidade, bem como o Urban Blind Spot, que reconhece perigos e obstáculos posicionados em ângulo morto, são menos comuns em veículos citadinos.

Em termos de conectividade, o 500e disponibiliza, através do sistema UConnect 5, a completa integração com telemóveis com sistema Android ou Apple.

Encomendas abertas

A edição de lançamento designa-se “La Prima” (a primeira). Pode ser reservada a partir de hoje, através do site oficial da Fiat. Está apenas disponível, para já, com a carroçaria descapotável.

Esta edição de lançamento está disponível em três cores: Cinzento Mineral Grey, Verde Ocean Green e Azul Celestial Blue.

Trata-se de uma versão muito bem equipada, com todos os dispositivos de ajuda à condução referidos. Está incluída também a Easy WallBox

Para completar a reserva é necessário preencher um formulário com os dados e fazer um pagamento de €500.

Os novos 500e “La Prima” serão numerados de 1 a 500, associado à bandeira do país em que foi vendido.

O novo 500e “La Prima” Cabrio tem um preço de €37.900. Espera-se que as primeiras unidades comecem a ser entregues neste Verão.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of