DS utilizou palha para criar este luxuoso concept

0
647

A DS desenvolveu o protótipo elétrico Aero Sport Lounge como uma proposta de luxo e conforto combinada com um ambiente tecnológico.

O veículo, que garante uma posição de condução elevada e uma ampla visibilidade, foi idealizado para dar resposta – de acordo com o construtor – a um problema atual: como fazer coexistir uma nova eficiência, sem abrir mão do caráter e da força do design.

O motor elétrico deste concept car de 500 kW (680 cv) está conectado a uma bateria de 110 kWh, de nova geração e colocada no piso, permitindo uma autonomia superior a 650 km, segundo a marca que promete acelerações dos 0-100 km/h em 2,8 segundos.

“As novas regulamentações exigem uma redefinição das formas e do impacto ambiental de cada veículo. O DS Aero Sport Lounge apresenta-se, assim, como uma resposta única para várias questões”, refere a DS que procurou a melhor eficiência aerodinâmica possível num veículo com cinco metros de comprimento.

Deste modo, a linha de tejadilho mergulhante pretende reduzir a superfície de arrasto e a grelha frontal foi dotada de apêndices aerodinâmicos laterais para melhorar a eficiência do veículo em movimento.

Este concept car antecipa
o futuro da DS.

De acordo com os responsáveis desta marca premium do Grupo PSA, os projetores DS Matrix LED Vision são acompanhados por luzes diurnas e do DS Light Veil, detalhes iluminados que antecipam a futura assinatura da DS.

No interior, os ecrãs foram desmaterializados, recebendo a projeção das informações do sistema de infotainment e navegação.

Os elementos necessários à condução são também projetados no para-brisas, em formato de realidade aumentada.

Entre os bancos, o apoio de braço central serve de guia, respondendo a comandos de mão – lê, interpreta e responde a cada movimento da mão.

Controlo háptico do sistema de infotainment

O mais interessante é que, através de uma parceria tecnológica com a Ultraleap, start-up com sede nos EUA, o DS Aero Sport Lounge antecipa o que poderão ser as interações nos habitáculos do futuro, ao introduzir uma tecnologia de controlo háptico do sistema de infotainment.

Ao combinar as funções de Leap Motion e Ultrahaptics, a mão comanda por gestos e recebe uma resposta sensorial. Os sensores detetam cada movimento e os pequenos altifalantes a ultrassons existentes replicam um som parecido ao que se sente perto de uma massa sólida.

“Num universo em que cada vez mais se elimina a barreira que separa o real do virtual, torna-se possível pilotar programas, sem contacto, mas mantendo a sensação de toque”, clarifica a DS. Com a elaboração de ultrassons tridimensionais inteligentes, surge a sensação de formas e texturas sensíveis, num ambiente totalmente livre. Este controlo aprimorado de sinais gera um feedback natural de toque, permitindo uma interação fácil.

Palha de centeio!

Este protótipo recorre ainda a materiais novos. Assim, a lâmina do painel de bordo e as costas dos assentos são concebidas com entalhes em palha artesanal. A palha, material comum e frugal, torna-se num sinal de nobreza decorrente do savoir-faire de um atelier parisiense, numa combinação entre o luxo artesanal e o desejo de trabalhar de uma forma sustentável.

Extraída de técnicas do século XVII, a tradição de trabalhar a palha assume um lugar de destaque na arte decorativa do atelier de Lison de Caunes, ao qual a DS recorreu.

Os bancos são adornados com algodão acetinado, aplicado em torno de uma tecnologia de espuma de alta densidade que coloca o conforto em primeiro plano.

A superfície é macia graças a uma tecelagem muito fina, que assegura níveis.

“O DS Aero Sport Lounge é um manifesto destinado a ilustrar o neologismo ‘sustentável’. É um desejo declarado de oferecer luxo em consonância com a nossa concentração na pegada ambiental: é a chamada nobreza sustentável” – Thierry Metroz, diretor de estilo da DS Automobiles

Nas portas é usado um tecido técnico trançado em microfibra tri-matéria, incorporando uma infinidade de fios transparentes, acrescentando luz ambiente ao habitáculo. A tecelagem única, feita por um artesão de exceção, mistura arte com tecnologia.

Integrada à medida no interior do DS Aero Sport Lounge, a palha de centeio destaca-se pelo seu toque sedoso e reflexos cintilantes. “A matéria-prima é abundante e natural”, reforça o construtor.

Cultivada e colhida à moda antiga na região de Borgonha, a palha é depois seca e colorida, antes de ser dividida, fio a fio, recorrendo-se a uma técnica ancestral, para ser depois colada no seu lado mate e achatada na dobra, no seu suporte.

A palha, um humilde material, tornou-se numa ferramenta de luxo.

O verniz natural de sílica da palha torna-a resistente ao calor e à prova de água.

A DS “alicerça-se numa história e num savoir-faire único para redefinir os códigos da indústria automóvel. Quando apresentamos um concept dotado de uma nova forma de carroçaria e de um interior com materiais tão inéditos quanto luxuosos, com fortes pontos de atração, é porque os nossos projetos são já muito avançados nesses dominios. O nosso crescimento demonstra que os nossos clientes buscam esse savoir-faire e essas tecnologias. É esta a razão de ser da DS Automobiles. O encontro fica marcado para os próximos meses”, refere Béatrice Foucher, diretora geral da DS Automobiles.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of