Após o DS 7 Crossback e o DS 3 Crossback, a DS surge agora com um novo modelo, uma berlina que passa a ser o topo da nova gama da marca premium francesa.

Com 4,93 metros de comprimento e 1,85 metros de largura, o DS 9 assenta numa nova declinação da arquitetura EMP2 (Efficient Modular Platform 2), tendo uma arquitetura de três volumes, com um óculo traseiro fortemente inclinado, ao estilo fastback.

Criado em França e produzido na China, o DS 9 será comercializado em todo o mundo, estando o início das vendas agendado para o primeiro semestre de 2020.

O DS 9 começará por ser proposto com um propulsor E-Tense plug-in híbrido, composto por um motor a gasolina PureTech turbo e um motor elétrico, com uma potência combinada de 225 cv e com uma capacidade de autonomia entre os 40 e 50 km (WLTP) em modo zero emissões, graças a uma bateria de 11,9 kWh.

Motor elétrico de 80 kW

Acoplado a uma caixa automática de oito velocidades, o motor elétrico do DS9 desenvolve uma potência máxima de 80 kW (110 cv) e um binário de 320 Nm. Este propulsor é utilizado no arranque, no aumento da aceleração a qualquer velocidade e na condução em modo zero emissões, até aos 135 km/h.

Para maximizar a eficiência, o modo Electric é sempre selecionado automaticamente no arranque. É complementado por um modo Hybrid, concebido para gerir automaticamente os diferentes tipos de energia: condução 100% elétrica, 100% a gasolina ou a combinação de ambos, se a situação o exigir.

O carregador de bordo do DS9 de 7,4 kW permite que a bateria seja carregada em 1h30, em pontos de carregamento domésticos ou públicos, utilizando, para o efeito, o cabo fornecido de série.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of