O novo Audi A3 está em contagem decrescente para ser oficialmente conhecido e, em jeito de pequena antecipação, a marca alemã fez saber que 89% dos estofos e dos tapetes do seu familiar compacto têm como matéria-prima garrafas de plástico recicladas.

A quarta geração A3 deverá estar em destaque no salão automóvel de Genebra, no início de março.

Cada exemplar do modelo utiliza uma quantidade equivalente de material PET (PoliEtileno Tereftalato) que daria para fazer mais de 100 garrafas. O construtor garante que o tecido resultante tem a mesma qualidade que o têxtil tradicional.

Mais concretamente, são utilizadas até 45 garrafas PET com capacidade de 1,5 litros por conjunto de bancos. Além disso, mais 62 garrafas PET são recicladas para os tapetes do novo Audi A3.

Os tecidos para o A3 são feitos na fábrica de têxteis de Willy Schmitz em Mönchengladbach, Alemanha.

Segundo a Audi, estes estofos reciclados surgirão no novo A3 numa em diversas cores.

O aproveitamento de plástico reciclado começa, aos poucos, a ser comum na indústria automóvel. A Volvo e a Ford também já estão a apostar neste tipo de material.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of